Materiais Avançados

Cristais emitem luz colorida quando aquecidos

Termoquimioluminescência - Cristais emitem luz colorida quando aquecidos
Esta é a termoquimiluminescência de estado sólido - cristais que emitem luz quando aquecidos. [Imagem: Stefan Schramm et al. - 10.1038/s41467-019-08816-8]

Termoquimioluminescência

Pesquisadores de Abu Dhabi e dos EUA sintetizaram cristais orgânicos macroscópicos que emitem luz quando aquecidos, um processo conhecido como termoquimioluminescência.

Isto demonstra pela primeira vez que este processo fundamental de transdução de energia - calor aplicado a um material gera luz - pode ser obtido em materiais sólidos e, mais interessante ainda, em escala macroscópica.

Acreditava-se que as reações de quimiluminescência só seriam possíveis em solução, por exemplo, quando pequenos bastões plásticos distribuídos em festas emitem luz ao misturar duas substâncias químicas líquidas, que reagem facilmente, resultando na emissão de luz visível.

Stefan Schramm e seus colegas prepararam vários peróxidos orgânicos e utilizaram essas substâncias para cultivar cristais grandes, na faixa dos centímetros - uma tarefa desafiadora, porque esses compostos tipicamente são muito instáveis.

Quando os cristais foram aquecidos, as moléculas se decompuseram e geraram luz que variou do vermelho ao azul e verde, dependendo da composição química do cristal.

"Nossas descobertas abrem uma direção inexplorada na pesquisa de quimiluminescência com possíveis aplicações tanto em pesquisa de materiais quanto em ciências da vida. Fornecemos indicações fundamentais sobre essa forma de transdução de energia, que tem o potencial de ser usada no desenvolvimento de novas tecnologias de captação de energia solar ou monitoramento de iniciadores na indústria de polímeros," disse Schramm.

Bibliografia:

Thermochemiluminescent peroxide crystals
Stefan Schramm, Durga Prasad Karothu, Nathan M. Lui, Patrick Commins, Ejaz Ahmed, Luca Catalano, Liang Li, James Weston, Taro Moriwaki, Kyril M. Solntsev, Pance Naumov
Nature Communications
Vol.: 10, Article number: 997
DOI: 10.1038/s41467-019-08816-8




Outras notícias sobre:

    Mais Temas