Logotipo do Site Inovação Tecnológica





Espaço

Vestígios de sal formado por evaporação são encontrados em Marte

Redação do Site Inovação Tecnológica - 25/03/2008

Vestígios de sal formado por evaporação são encontrados em Marte
Mapa mostra regiões onde foram localizados sinais de cloretos.
[Imagem: NASA]

Depois de sinais de água, é a vez do sal. Com a ajuda de instrumentos a bordo da sonda Mars Odyssey, um grupo de cientistas nos Estados Unidos identificou a primeira evidência de depósitos de cloretos minerais na superfície de Marte.

Vida em Marte

As evidências de sais foram identificadas em depósitos indicativos de que água foi abundante no passado no planeta. Segundo os autores da pesquisa, a descoberta, feita em algumas das mais antigas regiões de Marte, também poderá ajudar a fornecer evidências de que um dia o planeta abrigou formas de vida.

Na Terra, sais são formados, por exemplo, pela evaporação de corpos de água ou quando gases escapam de vulcões. Tais processos provavelmente ocorreram há bilhões de anos em Marte, mas até agora os cientistas estavam intrigados pela ausência de depósitos de sais indentificáveis no planeta.

Depósitos de sal

Os cientistas, liderados por Mikki Osterloo, da Universidade do Havaí, usaram dados obtidos pelo instrumento Themis, que produz imagens a partir da emissão termal, localizado na Mars Odyssey, veículo lançado em 2001 e que continua em órbita do Planeta Vermelho. Em comprimentos de onda na região de infravermelho, o Themis é capaz de registrar detalhes na superfície com resolução de cerca de 100 metros.

Foram identificados cerca de 200 locais diferentes no hemisfério sul marciano com características espectrais consistentes com minerais à base de cloro. Esses depósitos de sal estão principalmente em latitudes médias e baixas por todo o planeta, em terrenos antigos e cheios de crateras.

Sal por evaporação

A composição exata dos minerais é desconhecida, mas os pesquisadores afirmam que a distribuição e aparência dos depósitos são consistentes com a formação por meio da evaporação. Ou seja, afirmam eles, mais um indicador de que Marte um dia teve água.

Bibliografia:

Artigo: Chloride-bearing materials in the southern highlands of Mars
Autores: Mikki M. Osterloo, V. E. Hamilton, J. L. Bandfield, T. D. Glotch, A. M. Baldridge, P. R. Christensen, L. L. Tornabene, F. S. Anderson
Revista: Science
Data: 21 March 2008
Vol.: 319. no. 5870, pp. 1651 - 1654
DOI: 10.1126/science.1150690






Outras notícias sobre:
  • Marte
  • Sondas Espaciais
  • Exploração Espacial
  • Universo e Cosmologia

Mais tópicos