Espaço

Avião-foguete decolará de aeroporto levando turista espacial

Avião-foguete decolará de aeroporto, levando um turista espacial a bordo. Vôos de testes deverão começar em 2010.

Uma empresa emergente do setor aeroespacial acaba de apresentaru o Lynx, um pequeno avião-foguete que deverá ser capaz de levar um piloto e um único passageiro em vôos suborbitais, para o chamado turismo espacial.

Avião-foguete

A empresa afirmou que o Lynx poderá fazer vários vôos por dia, sendo que os primeiros testes deverão começar em 2010. O filme não mostra um teste real, mas uma simulação do princípio de funcionamento da espaçonave.

"Nós projetamos esse veículo para que ele opere de forma muito parecida com uma aeronave comercial. Seus motores acionados por combustível líquido oferecem uma segurança adicional," disse Jeff Greason, fundador da empresa, em comunicado divulgado no site da XCor.

Turismo espacial individual

Enquanto o SpaceShipTwo, da concorrente Virgin Galactic, poderá levar até seis passageiros, o pequeno avião espacial levará apenas um. O Lynx tem a grande vantagem de decolar diretamente de um aeroporto, sem a necessidade do suporte de um avião adicional.

E, ao contrário dos ônibus espaciais, que têm uma única oportunidade para aterrisar, o Lynx terá combustível suficiente para abortar um pouso e fazer uma nova tentativa.

Vôo suborbital

O Lynx também não ganharia o Ansari X Prize, que exigia que as espaçonaves atingissem 100 quilômetros de altitude. Seus vôos, com duração de 25 minutos, chegarão a uma altitude máxima de 61 quilômetros. O X Prize foi vencido pela SpaceShipOne.

Os motores-foguete do Lynx são alimentados por querosene de aviação misturado com oxigênio líquido. A empresa afirma que o Lynx II já está na prancheta, devendo atingir 120 quilômetros de altitude.





Outras notícias sobre:

Mais Temas