Informática

EpiCollect: uma forma mais moderna de coletar dados científicos

Redação do Site Inovação Tecnológica - 13/12/2010

EpiCollect: uma forma mais moderna de coletar dados científicos
Os cientistas já estão desenvolvendo versões para outros sistemas operacionais de smartphones.[Imagem: EpiCollect]

Os mais sisudos cientistas agora têm uma desculpa para demonstrar toda a afeição pelos gadgets mais moderninhos.

Um aplicativo para smartphones, chamado EpiCollect, promete tornar mais fácil o trabalho de coleta de dados nas pesquisas de campo, sejam inventários da biodiversidade, estudos populacionais e de saúde ou a identificação de um possível novo tipo de rocha.

Coleta de dados científicos

O software livre captura os dados científicos por meio de formulários de entrada de texto, que podem ser associados a fotos ou vídeos.

A seguir, os dados são transmitidos para um servidor especial conectado à internet, onde os dados poderão ser processados, arquivados em um banco de dados central ou compartilhados com outros pesquisadores.

Uma das possibilidades abertas com o EpiCollect é que os cientistas podem monitorar em tempo real o andamento das pesquisas de seus assistentes e colaboradores, sem precisar esperar a tabulação dos dados coletados.

O sistema EpiCollect é a soma das duas partes: o aplicativo móvel para a coleta de dados, que roda nos smartphones, e o aplicativo web, que roda no servidor, onde cada projeto pode ser configurado e onde os dados podem ser visualizados.

Por cima

"Um dos significados do grego 'epi' é 'por cima', e nós queríamos refletir a generalidade da nossa abordagem; capturar os dados é apenas o primeiro obstáculo. O que fazer com os dados 'além da coleta' é onde as coisas começam a ficar interessantes," explica David Aanensen, do Imperial College London, coordenador do projeto.

O programa de código aberto foi desenvolvido utilizando a plataforma do Google, o que significa que o EpiCollect funcionará em "qualquer" celular, desde que ele esteja rodando o sistema operacional Android. Mas só nesta versão - os pesquisadores afirmam que já estão desenvolvendo o aplicativo para outras plataformas.

Até agora, mais de 500 projetos já usaram o EpiCollect, incluindo a catalogação de sítios arqueológicos, o monitoramento e a distribuição de plantas e animais e até a localização de obras de grafite em uma área urbana.

Mais informações podem ser obtidas no site do EpiCollect, no endereço www.epicollect.net.

Outras notícias sobre:

Mais Temas