Plantão

Fábrica de chips para celulares será construída no Brasil

Chip de comunicação

As empresas Qualcomm Incorporated e Advanced Semiconductor Engineering anunciaram a construção de uma fábrica de semicondutores no Brasil.

Com investimentos equivalentes a U$200 milhões, a fábrica deverá fabricar chips utilizados em telefonia celular e na conexão de dispositivos eletrônicos.

O investimento, com participação do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), será feito ao longo de quatro anos.

A previsão, contudo, é que a indústria esteja pronta para operar em um período de um ano e meio. Ela será instalada na região Campinas, no interior do estado de São Paulo.

Estatal e privado

Os chips poderão ser utilizados em telefones celulares com diferentes tecnologias (3G, 4G, 5G e wi-fi) e também em outros dispositivos conectados.

De acordo com os representantes das empresas, a joint-venture (associação de empresas) contará, além do financiamento estatal, com mecanismos de estímulo, tanto jurídicos como regulatórios. O valor do financiamento que será fornecido pelo BNDES, no entanto, ainda não foi definido.





Outras notícias sobre:

Mais Temas