Robótica

Pássaro-robô voa de verdade

Pássaro-robô voa de verdade

A maioria dos cidadãos comuns, sem contato com o mundo da robótica, ao ouvir falar de robôs imagina algum tipo de engenhoca que imita o ser humano. À parte alguns brinquedos, a indústria insiste em que isto é algo ainda muito longe da realidade e não haveria aplicações práticas para um C3PO.

Mas há sempre o contraponto. Se você não pode ter um ajudante humanóide, que tal ter um pássaro-robô? Mais especificamente um falcão.

Não estamos falando de possibilidade. Uma empresa norte-americana especializada em lidar com pássaros em aeroportos acaba de construir e lançar o RoboFalconTM, um robô com forma e aparência de falcão, e que voa de verdade. Construído de alumínio e fibra de carbono, o robô mede mais de dois metros de envergadura, muito maior do que um falcão de verdade. As dimensões foram uma exigência da engenharia, que teve de resolver uma série de problemas técnicos para fazê-lo voar com base em baterias recarregáveis. E, sendo maior, seu efeito sobre as aves a serem espantadas do aeroportos é também maior. Na foto ele aparece sem a "carenagem", que tem bico e tudo o mais.

O RoboFalcon bate as asas a um ritmo de seis batidas por segundo, com um ruído mais parecido com uma abelha gigante do que com um falcão. Para voar com base em batidas de asas, sua autonomia é bastante pequena, não passando de alguns poucos minutos.. É difícil copiar a natureza: pássaros têm uma excepcional relação "peso-potência". Foi necessário utilizar os materiais mais leves disponíveis para se conseguir que o RoboFalcon permanecesse no ar.

O RoboFalcon ainda não está à venda, mas pode ser alugado por cerca de US$1.000,00 por mês.





Outras notícias sobre:

    Mais Temas