Logotipo do Site Inovação Tecnológica





Informática

Lâmpadas inteligentes são o próximo alvo dos hackers, dizem especialistas

Redação do Site Inovação Tecnológica - 28/10/2019

Alertas de segurança para as lâmpadas inteligentes
Ao estudar o risco de ataque de hackers às lâmpadas inteligentes, os especialistas afirmam que esses dispositivos podem ser "ouvidos de luz" dentro da sua casa.
[Imagem: UTSA]

Ataques invisíveis

As lâmpadas inteligentes estão se disseminando no mercado e prometem ser uma das atrações do comércio de fim de ano.

Você pode controlar sua luminosidade e a cor da luz, programá-las para acender e apagar em horários predeterminados, desligá-las sem sair do sofá - ou mesmo sem estar em casa, no caso de alguns modelos.

Mas não se apresse muito paras as compras se você tem alguma preocupação em não facilitar o acesso dos hackers a todas as suas informações digitais, afirmam pesquisadores da Universidade do Texas, nos EUA, que fizeram uma análise de todos os buracos de segurança que existem nas marcas mais populares de lâmpadas inteligentes.

"Sua lâmpada inteligente pode vir equipada com recursos de infravermelho, e a maioria dos usuários não sabe que esse espectro de ondas invisíveis pode ser controlado. Você pode usar mal essas lâmpadas," disse Murtuza Jadliwala, que coordenou a análise. "Qualquer dado pode ser roubado: textos ou imagens, qualquer coisa que seja armazenada em um computador."

Riscos das lâmpadas inteligentes

Algumas lâmpadas inteligentes se conectam à rede doméstica sem a necessidade de um hub doméstico inteligente, um equipamento centralizado - de hardware ou software - que permite que aparelhos conectados à internet das coisas (IdC) se comuniquem. Os hubs domésticos inteligentes, que se conectam localmente ou à nuvem, são úteis para dispositivos de IdC que usam os protocolos Zigbee, Z-Wave ou Bluetooth, em vez de Wi-Fi.

Se essas mesmas lâmpadas também forem equipadas com comunicação por infravermelho, os hackers podem enviar comandos através da luz invisível emanada das lâmpadas para roubar dados ou falsificar outros dispositivos IdC conectados na rede doméstica.

O proprietário nem ficará sabendo sobre o hack, uma vez que os comandos trafegam na rede Wi-Fi doméstica, sem o uso da internet.

"Pense na lâmpada [inteligente] como outro computador," destaca Jadliwala. "Agora, essas lâmpadas estão prontas para se tornarem um alvo muito mais atraente para exploração, apesar de terem chips muito simples".

Cuidados com as lâmpadas inteligentes

Os pesquisadores recomendam que os consumidores optem pelas lâmpadas que vêm com um hub doméstico inteligente, e não pelas que se conectam diretamente a outros dispositivos.

Eles também recomendam que os fabricantes façam um trabalho melhor no desenvolvimento de medidas de segurança para limitar o nível de acesso que essas lâmpadas têm a outros eletrodomésticos inteligentes ou eletrônicos dentro de uma casa.

Bibliografia:

Artigo: Light Ears: Information Leakage via Smart Lights
Autores: Anindya Maiti, Murtuza Jadliw
Revista: Proceedings of the ACM on Interactive, Mobile, Wearable and Ubiquitous Technologies
Vol.: 3 Issue 3, Article No. 98
DOI: 10.1145/3351256






Outras notícias sobre:
  • Segurança da Informação
  • Iluminação
  • Transmissão de Dados
  • LEDs

Mais tópicos