Logotipo do Site Inovação Tecnológica





Espaço

Falha tentativa da SpaceX de recuperar foguete

Redação do Site Inovação Tecnológica - 12/01/2015

Falha tentativa da SpaceX de recuperar foguete
A base do Falcon 9 tem "pernas" que se abrem para permitir que ele pouse de forma controlada - o foguete possui nove motores.
[Imagem: SpaceX]

Espaçoporto flutuante

A tentativa da empresa privada SpaceX de recuperar o primeiro estágio do seu foguete Falcon 9 esteve muito próximo do sucesso.

O primeiro estágio separou-se do foguete e, em vez de cair no mar, como acontece com todos os foguetes atuais, iniciou uma descida controlada, com o objetivo de pousar sobre um "espaçoporto flutuante" - uma barcaça de 100 metros de comprimento.

Em Outubro passado, a SpaceX tentou pousar outro Falcon 9, mas ele espiralou de forma descontrolada e caiu como qualquer outro foguete.

Desta vez, o primeiro estágio do foguete acertou a barcaça, mas chegou com uma velocidade maior do que a prevista, atingindo a embarcação com força e caindo no mar. A barcaça sofreu danos e "algumas peças precisarão ser substituídas", segundo a SpaceX, mas conseguiu retornar ao porto.

Ainda segundo a empresa, "estava tudo muito escuro e cheio de fumaça para que um vídeo pudesse mostrar" detalhes da descida, mas o mais provável é que a empresa não queira seu nome atrelado a um vídeo que viralize mostrando um fracasso.

A SpaceX já havia feito testes de descida controlada, mas com os foguetes chegando até a superfície do mar e depois sendo deixados cair e descartados.

Nesses testes, o objetivo era atingir um alvo virtual de 10 km de largura. Acertar a barcaça com apenas 100 metros é um grande feito, e agora os engenheiros da empresa se debruçarão sobre os dados de telemetria em busca de explicações para o excesso de velocidade.

Falha tentativa da SpaceX de recuperar foguete
O foguete acertou o espaçoporto flutuante, mas chegou rápido demais e caiu no mar.
[Imagem: SpaceX]

Foguetes reutilizáveis

Reutilizar o primeiro estágio de um foguete, com todos os seus motores, tem o potencial para diminuir muito o custo dos lançamentos. A agência francesa CNES anunciou na semana passada que também está trabalhando no desenvolvimento de um foguete reutilizável.

A SpaceX fez até agora um único teste com 100% de sucesso na descida controlada de um foguete, com o protótipo Grasshoper.

O restante do foguete lançado agora, levando a cápsula Dragon com suprimentos para a Estação Espacial Internacional continuou seu caminho e chegou à ISS no início desta manhã, sendo capturada por seu braço robótico.






Outras notícias sobre:
  • Foguetes
  • Exploração Espacial
  • Aviões
  • Estação Espacial Internacional

Mais tópicos