Mecânica

Impressão 3-D e prototipagem rápida feitas com cerâmica

Impressão 3-D e prototipagem rápida feitas com cerâmica
Potes criados por impressão 3-D em um equipamento normal de prototipagem rápida que utilizou a nova cerâmica em vez dos insumos tradicionais.[Imagem: University of Washington]

A prototipagem rápida, ou impressão 3-D, tornou-se uma indústria à parte graças à sua capacidade de transformar rapidamente modelos computadorizados em peças tridimensionais concretas.

Essa tecnologia, que "imprime" as peças aplicando camadas sucessivas de material polimérico, vem substituindo as maquetes e os demorados trabalhos artesanais para a produção de moldes e protótipos em virtualmente toda a indústria.

Insumos caros

O uso da prototipagem rápida só não se disseminou de forma ainda mais intensa pelo custo relativamente elevado das matérias-primas usadas na fabricação dos protótipos.

Esse último entrave agora foi eliminado com o trabalho de pesquisadores da Universidade de Washington, nos Estados Unidos.

Unindo a alta tecnologia com o uso de um material usado pelo homem desde a Idade da Pedra, a equipe do Dr. Mark Ganter tornou possível o uso da cerâmica para a fabricação dos modelos 3-D.

Impressão 3-D com cerâmica

A cerâmica para prototipagem rápida foi formulada a partir do pó cerâmico comumente utilizado por artistas e escultores e disponíveis em casas especializadas em materiais artísticos.

Com a adição de açúcar e um suplemento nutricional chamado maltodextrina, a cerâmica adquiriu a consistência e a capacidade de endurecimento rápido necessárias para ser usada nas impressoras 3-D.

"Normalmente os suprimentos [para impressão 3-D] custam entre US$70 e US$110 o quilograma. Nosso material custa cerca de US$2 o quilograma," diz Ganter.

Receita gratuita

Em uma atitude rara em termos de inovações desenvolvidas em universidades norte-americanas, os pesquisadores decidiram disponibilizar gratuitamente a receita da cerâmica para prototipagem rápida.

Segundo Ganter, o objetivo é democratizar a impressão 3-D e aumentar a gama de objetos imprimíveis. As receitas estão disponíveis em http://tinyurl.com/d5lcpa.

As impressoras tridimensionais estão se tornando cada vez mais comuns na indústria, mas estão espalhando-se rapidamente e tornando-se populares entre artistas, hobistas e universidades. Essa ampliação de uso deverá ser ainda maior com a utilização dos novos insumos à base de cerâmica.

Já existem também impressoras 3-D cujo projeto é gratuito, podendo ser fabricadas até mesmo em casa (veja Projeto de impressora 3-D "open-source" quer que todos tenham uma fábrica em casa).

Bibliografia:

The Printed Pot
Mark Ganter, Duane Storti, Ben Utela
Ceramics Monthly
May 2009
http://tinyurl.com/d5lcpa




Outras notícias sobre:

    Mais Temas