Mecânica

Impressora 3D constrói peças de poeira lunar

Impressora 3D constrói peças de poeira lunar
"Eles não parecem muito espetaculares, mas você pode fazer coisas úteis com eles."[Imagem: Balla et al./RPJ]

3D espacial

As impressoras 3D estão se mostrando tão promissoras que já há planos para levá-las para o espaço.

Imagine pousar na Lua ou em Marte, colocar rochas e poeira nessa impressora 3D espacial e começar a fabricar peças para a construção de abrigos ou ferramentas.

"Soa como ficção científica, mas isso agora já é possível," garante Amit Bandyopadhyay, da Universidade do Estado de Washington, nos Estados Unidos.

Simulador de regolito

Bandyopadhyay e sua colega Susmita Bose são bem conhecidos na área da prototipagem rápida, ou fabricação aditiva, já tendo fabricado equipamentos para a impressão de ossos.

Seus trabalhos chamaram a atenção da NASA, que queria saber se as resinas e polímeros usados para fabricar as peças 3D poderiam ser substituídas por poeira lunar.

Devido aos custos elevadíssimos das viagens espaciais, sempre se pensou em formas de aproveitar os materiais locais para a construção de abrigos ou para a execução de reparos em materiais levados da Terra.

A NASA forneceu aos pesquisadores cerca de cinco quilogramas de "simulador de regolito", uma imitação do pó lunar usado para pesquisas, e pediu que eles fizessem um teste.

Impressora 3D espacial

Com financiamento e suporte da agência espacial, a dupla construiu o primeiro protótipo de impressora 3D espacial.

Embora o regolito tenha em sua composição elementos como silício, alumínio, cálcio, ferro e magnésio, os pesquisadores constataram que ele se comporta de forma muito similar à sílica, ou óxido de silício.

A impressora funde o material usando laser, e não teve grande dificuldade em trabalhar com o material lunar.

Os primeiros projetos foram simples, incluindo objetos em formato de cubos, esferas e cilindros.

"Eles não parecem muito espetaculares, mas você pode fazer coisas úteis com eles," comentou Bandyopadhyay a respeito da aparência rústica desses primeiros objetos 3D, que foram enviados à NASA para análise.

Bibliografia:

First demonstration on direct laser fabrication of lunar regolith parts
Vamsi Krishna Balla, Luke B. Roberson, Gregory W. OConnor, Steven Trigwell, Susmita Bose, Amit Bandyopadhyay
Rapid Prototyping Journal
Vol.: 18 Iss: 6, pp.451 - 457
DOI: 10.1108/13552541211271992




Outras notícias sobre:

    Mais Temas