Logotipo do Site Inovação Tecnológica





Espaço

Opalas em Marte relevam que planeta teve água por muito tempo

Redação do Site Inovação Tecnológica - 30/10/2008

Opalas em Marte relevam que planeta teve água por muito tempo

[Imagem: NASA/JPL-Caltech/Univ. of Arizona]

A sonda espacial MRO (Mars Reconnaissance Orbiter), da NASA, descobriu uma nova categoria de minerais que não se sabia existirem em Marte. O mineral, equivalente à opala terrestre, é constituído por sílica hidratada, o que sugere que a água estava presente na superfície de Marte muito antes do que os cientistas calculavam.

Minerais hidratados

A denominação sílica hidratada indica que o mineral contém água em sua constituição química, sendo uma pista importante sobre quando e onde a água livre e superficial esteve presente em Marte.

"Esta é uma descoberta animadora porque ela estende a escala de tempo para a água líquida em Marte, e os locais onde ela pode ter dado suporte à vida," afirmou Scott Murchie, responsável pela operação do aparelho que detectou a opala marciana, chamado espectrômetro de imageamento.

Opalas em Marte

Até hoje, apenas dois grupos de minerais hidratados haviam sido detectados em Marte, o filossilicatos e os sulfatos hidratados. Os filossilicatos, uma espécie de argila, formaram-se há 3,5 bilhões de anos quando as rochas ígneas entraram em contato direto com a água. Nas centenas de milhões de anos seguintes formaram-se os sulfatos hidratados, a partir da evaporação de águas salgadas e eventualmente ácidas.

A opala de Marte, que agora foi descoberta, é o tipo de mineral hidratado de formação mais recente entre os três já descobertos. Elas se formaram quando a água líquida alterou materiais criados pela atividade vulcânica ou pelo impacto de meteoritos sobre a superfície de Marte.

Em alguns locais, a sílica opalina descoberta pela sonda MRO apresenta-se em conjunto com minerais à base de sulfato de ferro, no interior ou ao lado de canais secos, que se acredita terem sido leitos de rios no passado. Isto indica que a água permaneceu sobre a superfície de Marte por um período muito longo.







Outras notícias sobre:
  • Marte
  • Exploração Espacial
  • Corpos Celestes
  • Sondas Espaciais

Mais tópicos