Mecânica

Carro a hidrogênio alugado e com combustível grátis

Tucson a hidrogênio será alugada com combustível grátis
[Imagem: Hyundai]

Carro elétrico a hidrogênio

A Hyundai anunciou a chegada ao mercado de uma versão do SUV Tucson movido a hidrogênio.

O veículo será disponibilizado inicialmente no mercado norte-americano mediante um aluguel de US$ 499 por mês.

O veículo é elétrico, com seus motores alimentados por uma célula a combustível que combina o gás hidrogênio em seus tanques com o oxigênio da atmosfera para produzir eletricidade diretamente, liberando apenas água no escapamento.

Outra vantagem é que o usuário contará com reabastecimento ilimitado de hidrogênio nos postos da própria empresa.

Os primeiros veículos estarão disponíveis a partir de Março na região de Los Angeles, estado da Califórnia.

Segundo a empresa, o Tucson a hidrogênio será comercializado nessas condições para aliviar "a ansiedade de autonomia e longo tempo de recarga" dos veículos elétricos tradicionais, alimentados por baterias.

O combustível gratuito visa outra preocupação, que é a falta de postos de abastecimento de hidrogênio. Atualmente existem 9 postos de abastecimento de hidrogênio na Califórnia, embora haja projetos de construção de pelo menos 100 outros.

"A grande autonomia e a rápida velocidade de reabastecimento do nosso Tucson a célula de combustível contrasta com a autonomia mais baixa e recarga lenta dos veículos elétricos a bateria concorrentes. Acreditamos que a tecnologia de célula de combustível irá aumentar a taxa de adoção de veículos de emissão zero, e nós todos vamos compartilhar os benefícios ambientais," disse John Krafcik, CEO da empresa nos EUA.

Célula a combustível

Tucson a hidrogênio será alugada com combustível grátis
A célula a combustível combina o gás hidrogênio do tanque do veículo com o oxigênio da atmosfera para produzir eletricidade diretamente, liberando apenas água no escapamento. [Imagem: Hyundai]

Segundo dados da empresa, o Tucson a hidrogênio pode atingir 160 km/h, possui uma autonomia de 480 km e seu tanque pode ser completado com hidrogênio em 10 minutos.

O veículo vem sendo testado na frota da empresa desde 2000, tendo percorrido mais de 3 milhões de km.





Outras notícias sobre:

    Mais Temas