Espaço

Telescópio Espacial Hubble será abandonado

Telescópio Espacial Hubble será abandonado

A NASA anunciou que não irá mais agendar missões de reparos e manutenção para o Telescópio Espacial Hubble. O cientista-chefe da agência espacial norte-americana alegou questões de orçamento mas, principalmente, questões de segurança, principalmente reavaliadas após o acidente com o ônibus espacial Colúmbia.

Os ônibus espaciais são a única forma viável de se alcançar o Hubble e efetuar consertos, substituir peças com defeitos ou instalar novos equipamentos. Mas a reavaliação da segurança dos ônibus espaciais levou à recomendação de que eles somente sejam utilizados para vôos para a Estação Espacial Internacional, que possui recursos alternativos para manutenção dos astronautas no caso de problemas técnicos.

Após 14 anos de serviços e imagens que fundamentaram toda uma nova forma de ver o Universo, o mais importante telescópio de todos os tempos será abandonado à sua própria sorte. Os cientistas ainda poderão usufruir dele enquanto ele se mantiver funcionando. Deixado à própria sorte, ele deverá reentrar na atmosfera por volta de 2011.

Mas, devido ao seu tamanho, comparável a um caminhão e pesando 12 toneladas, o Hubble certamente não se desintegrará totalmente na reentrada, o que faz a NASA cogitar sobre o envio de um motor que possa ser acoplado ao Hubble e dirigir seu retorno à Terra de forma segura.

O mais famoso telescópio de todos os tempos foi lançado em Abril de 1.990, a um custo de U$1,5 bilhão. Sua manutenção anual, incluindo contratos, pessoal de terra e vôos de manutenção, é estimada entre US$230 e US$250 milhões por ano.

O Hubble é um dos quatro "Grandes Observatórios" da NASA. O Compton Gamma Ray Observatory foi lançado em 1991 e reentrou na atmosfera terrestre em 2000. O Chandra X-ray Observatory foi lançado em 1999 e o telescópio de infravermelho Spitzer Space Telescope foi lançado em Agosto. O próximo telescópio da NASA, o James Webb, deverá ser lançado somente em 2010.





Outras notícias sobre:

    Mais Temas