Nanotecnologia

Pinças ópticas permitem manipulação de átomos e moléculas

Redação do Site Inovação Tecnológica - 23/06/2004

Pinças ópticas

No mundo da nanotecnologia, os cientistas precisam manipular objetos microscópicos e nanoscópicos.

Esta tarefa é virtualmente impossível de ser realizada utilizando meios mecânicos. Mas ela foi resolvida há vários anos, utilizando a luz para movimentar objetos minúsculos, como átomos e moléculas.

As chamadas "pinças ópticas" renderam aos seus criadores - Steven Chu, Claude Cohen-Tannoudji e William D. Phillips- o Prêmio Nobel de Física em 1997. As pinças ópticas nada mais são do que feixes de laser capazes de movimentar partículas microscópicas ou nanoscópicas. Sua criação permitiu o início da manipulação de materiais em nível molecular.

Pinças mais versáteis

Agora cientistas da Dinamarca anunciaram a criação de um novo sistema de pinças ópticas, que permite a manipulação simultânea de materiais com diferentes índices de refração. Isto permitirá que a técnica seja utilizada também para trabalhar com materiais mistos e soluções.

A nova técnica permite a captura simultânea e manipulação independente de várias partículas, por meio da geração de múltiplos raios laser, com um controle individual sobre o formato, o tamanho, a posição e a intensidade de cada feixe de laser.

Na experiência, os cientistas conseguiram capturar e rotacionar partículas de poliestireno dispostas em círculos concêntricos: as partículas externas giraram no sentido horário, enquanto as internas giraram no sentido oposto. Enquanto isto, duas outras partículas eram movidas aleatoriamente, mostrando a versatilidade do aparato.

Bibliografia:

Real-time interactive optical micromanipulation of a mixture of high- and low-index particles
Peter John Rodrigo, Vincent Ricardo Daria, Jesper Glückstad
Optics Express
Vol.: 12, Issue 7, pp. 1417-1425
DOI: 10.1364/OPEX.12.001417




Outras notícias sobre:

    Mais Temas