Nanotecnologia

Microscópio de raios-X dá salto de qualidade

Redação do Site Inovação Tecnológica - 12/07/2006

Microscópio de raios-X dá salto de qualidade

Até recentemente, a tecnologia de raios-X era incapaz de gerar imagens de alta resolução de objetos em escala microscópica, principalmente se o objeto a ser analisado tivesse características de baixa absorção da radiação. Esse é um terreno longamente dominado pelas imagens geradas pelas fontes de nêutrons.

Agora entretanto, utilizando poderosos microscópios de raios-X e efetuando experiências com várias técnicas de imageamento por contraste de fase, cientistas australianos conseguiram gerar imagens de microestruturas internas e objetos multi-camadas e até mesmo opacos.

Isso significa que, com a nova técnica, será possível utilizar-se os raios-X para se ver o interior de objetos tais como componentes microeletrônicos, materiais estruturais utilizados em aeronáutica, cerâmicas, espumas metálicas e até mesmo minerais.

"Os usos são muito variados," diz o pesquisador Steve Wilkins. "Nós estamos trabalhando também no estudo de propriedades dos ossos, materiais aeroespaciais e poeira cósmica intergalática, e há interesse do setor de exploração de petróleo em estudar as estruturas porosas das rochas."

Tirando-se imagens de vários ângulos do objeto que estiver sendo analisado, é possível a construção computadorizada de uma visualização tridimensional desse objeto.

Os cientistas criaram uma empresa, a XRT Ltd., para comercializar o novo microscópio de raios-X.





Outras notícias sobre:

Mais Temas