Mecânica

Novo processo viabiliza discos de freios de alumínio

Novo processo viabiliza discos de freios de alumínio

Pesquisadores do Instituto de Materiais da Universidade de Michigan (Estados Unidos) desenvolveram um novo disco de freio para automóveis que poderá melhorar significativamente a segurança dos veículos.

O novo disco de freio é feito a partir de uma liga de alumínio, retendo as vantagens do alumínio ao mesmo tempo em que supera suas desvantagens. O novo projeto reduz o peso do disco em 50 por cento, resiste melhor à corrosão, dissipa o calor mais rapidamente, tem maior resistência ao desgaste, maior resistência e ductilidade do que os discos convencionais de aço.

"A indústria automobilística está sempre procurando formas de reduzir o pesos nos carros de passageiros," afirma Xiaodi Huang, responsável pela construção do novo disco. Um carro equipado com o novo disco de freio poderá ter de 9 a 12 quilos a menos.

Embora o alumínio seja a estrela do novo disco, ele continua sendo recoberto por duas chapas de aço, que entram em contato com as pastilhas de freio. Mas, mesmo quando a chapa de aço se desgastar, o disco pode ser reusinado e reutilizado várias vezes.

O segredo da inovação está justamente em um novo processo barato para a junção do aço ao alumínio. O processo está sendo patenteado pela Universidade e deverá ser licenciada para fabricantes de autopeças. O custo de produção do novo disco é o mesmo dos discos comuns atuais.





Outras notícias sobre:

    Mais Temas