Mecânica

Nova pesquisa quer revolucionar motores a diesel

Nova pesquisa quer revolucionar motores a diesel

Os engenheiros são unânimes em afirmar: se há um motor a combustão que possa ser "afinado" para ser mais econômico e poluir menos, esse motor será alimentado por óleo diesel. Embora os carros do futuro possam vir a ser movidos por células a combustível, parece que fabricantes e consumidores estão mais preocupados com um futuro não tão distante.

Motores a diesel eletrônicos

É claro que essa afirmação pode parecer estranha para quem está acostumado a ver caminhões desregulados soltando jatos de fumaça preta pelas nossas cidades. Mas estamos tratando dos motores a diesel eletrônicos de última geração, e não dos seus parentes com sua "falta de tecnologia" de 30 anos atrás, mas que ainda equipam a grande parte de nossa frota de caminhões.

A fabricante Ford acredita que os motores a diesel eletrônicos são apenas o começo e acaba de fazer uma parceira com a Universidade de Bath, Inglaterra, com o intuito de incorporar melhorias tecnológicas que dêem aos motores diesel uma sobrevida, até que as células a combustível, ou outra tecnologia promissora, possa tornar-se uma realidade economicamente viável.

Emissão de poluentes

Estas melhorias incluem tornar mais eficientes o controle de temperatura e os mecanismos de refrigeração dos motores a diesel, além de aumentar o número de componentes do motor que são acionados eletricamente. Quanto menor energia mecânica o motor gastar para mover seus próprios componentes internos, mais energia estará disponível para mover o veículo, significando um motor mais eficiente, com menor consumo de combustível e menos emissão de poluentes.

A meta da pesquisa é de reduzir a emissão de poluentes pela metade nos próximos sete anos, mantendo uma tendência que já se verifica nos anos recentes, resultado de um esforço tecnológico feito pela maioria dos grandes fabricantes.

Até agora as pesquisas têm-se pago rapidamente: estima-se que em 2.008, metade de todos os carros vendidos na Europa sejam movidos a diesel.

"Pesquisas feitas nas últimas décadas reduziram a emissão de poluentes nos motores a diesel de tal forma que hoje eles se comparam aos motores a gasolina. E como os veículos a diesel têm um menor consumo de combustível, eles são hoje menos poluentes do que os motores a gasolina. A última geração de veículos equipados com motores diesel eletrônicos é de ultra-baixa poluição comparados com aqueles de dez anos atrás", explica o professor Gary Hawley, que irá coordenar a pesquisa.





Outras notícias sobre:

Mais Temas