Mecânica

Magnésio pode ser produzido em chapas finas

Magnésio pode ser produzido em chapas finas

O instituto de pesquisas australiano CSIRO anunciou o desenvolvimento de uma nova técnica para a fabricação de chapas finas de mangnésio. O magnésio é tido como um dos metais mais promissores para a indústria do século XXI, por sua resistência e leveza. Mas poucas empresas até hoje conseguem produzir chapas desse metal, quase nenhuma com viabilidade econômica.

"Após testes iniciais feitos com sucesso, estamos prontos para iniciar um piloto de produção de chapas de liga de magnésio de 3 mm para um cliente potencial," afirmou Brad Cowley, chefe da equipe de engenheiros que desenvolveu o processo.

As chapas de magnésio são produzidas diretamente do metal fundido, por meio de prensas rolantes, de forma muito parecida com a técnica utilizada para a produção do alumínio.

Por uma questão de segredos comerciais, não foram divulgados maiores detalhes técnicos. Mas uma nota do instituto CSIRO afirma que a tecnologia já se mostrou economicamente viável - ao contrário de outras formas de produção de chapas de magnésio - para uma operação semi-contínua de produção de bobinas entre 100 e 200 quilos de chapa de 3 mm de espessura.

A tecnologia foi licenciada para a empresa Magnesium International.





Outras notícias sobre:

Mais Temas