Mecânica

Para saber quanta gasolina cabe no tanque, encha-o pela metade

Para saber quanta gasolina cabe no tanque

Capacidade real do tanque

Pode parecer estranho, mas esta é a conclusão do Laboratório Nacional de Padronização e Tecnologia, uma espécie de INMETRO dos Estados Unidos. Os técnicos estavam preocupados com a enorme variação apresentada pela quantidade de combustível que os usuários conseguem colocar no tanque em cada abastecimento - o que está gerando muitas reclamações desses clientes, que nunca sabem ao certo quem está errado: o manual do carro ou a bomba de combustível.

As maiores reclamações vêm de usuários que vêm a bomba indicar uma quantidade de litros maior do que a capacidade nominal do tanque de combustível, aquela que consta no manual do proprietário.

Depois de extensas pesquisas de campo, os técnicos perceberam que, apesar de existirem adulterações nas bombas, há vários motivos legítimos para esses resultados inesperados.

Por exemplo, alguns fabricantes estimam que a capacidade real do tanque de combustível pode variar até 3 por cento em relação à capacidade nominal devido às características do projeto do tanque, do processo de sua fabricação, à eletrônica do sistema de combustível e dos indicadores de nível do tanque e até mesmo com a física associada com os componentes que monitoram as emissões de poluentes.

Como encher o tanque

A pesquisa mostra que é importante considerar quais partes do tanque de combustível são utilizadas para se medir seu nível de preenchimento e o que acontece as esses componentes quando o veículo está em operação normal e quando ele está sendo abastecido.

Uma pequena área na base de um tanque cheio é considerada inutilizável porque a bomba de combustível não consegue atingir aquele nível para bombear. Além disso, a capacidade nominal não inclui o espaço ocupado pelo combustível vaporizado - a parte superior do compartimento do tanque - e nem o volume do cano que faz o combustível chegar ao tanque.

Forçar o abastecimento depois que a bomba se desliga automaticamente também pode fazer com que o combustível "vaze" pelo sistema de recuperação de vapor ou até mesmo pelo "ladrão", uma pequena mangueira de escape situada no cano que leva o combustível ao tanque.

Com tantas possibilidades e variações, a única forma de verificar se uma determinada bomba está sendo "honesta", dizem os pesquisadores, é encher o tanque até que o indicador de combustível marque meio-tanque. Dobre esta quantidade e compare-a com o que diz o manual do proprietário.





Outras notícias sobre:

    Mais Temas