Mecânica

Novo alternador suprirá crescente demanda de energia dos carros

Redação do Site Inovação Tecnológica - 08/11/2005

Novo alternador suprirá crescente demanda de energia dos carros

Já faz algum tempo que o consumo de combustível deixou de ser a única preocupação dos engenheiros automobilísticos. A exigência por maior conforto e segurança tem dotado os automóveis, principalmente os mais luxuosos, de uma verdadeira parafernália eletrônica e elétrica que exige uma verdadeira usina de força para funcionar. Assim, o consumo de eletricidade também passou a ser um ítem de preocupação para os engenheiros.

Alternador

Em um carro, essa usina de força chama-se alternador. Além dos ítens de conforto, suspensão e direção elétricas têm exigido um potência cada vez maior. Potência que agora tende a crescer ainda mais, à medida em que os veículos passam a contar com a capacidade de desligarem automaticamente o motor quando o carro está parado, em um semáforo, por exemplo.

A solução tem sido a construção de alternadores grandes, refrigerados a água, até agora os únicos capazes de fornecer a energia suficiente para alimentar todos esses ítens. Mas, além de caros, eles aumentam o peso dos veículos, aumentando o consumo de combustível.

Mini-lternador

Agora a empresa japonesa Denso anunciou o lançamento de um mini-alternador, refrigerado a ar, capaz de atender a essa crescente demanda de energia. O pequeno alternador é capaz de gerar cargas de até 220 ampéres, muito acima dos tradicionais 150 ampéres dos alternadores convencionais.

O novo alternador é do tipo segmento condutor e utiliza um condutor retangular no lugar da bobina estatora, reduzindo a resistência da bobina original em 50 por cento. Além do condutor retangular, o alternador de segmento condutor utiliza enrolamentos e retificadores duplos, o que reduz seu peso e tamanho, além de propiciar um rendimento maior e um menor ruído de funcionamento.





Outras notícias sobre:

    Mais Temas