Mecânica

Finalmente inventada a roda quadrada

Finalmente inventada a roda quadrada
[Imagem: Distributed Robotics LLC]

Rodas quadradas

Reinventaram a roda. E, embora possa parecer ter saído de um livro de piadas, a nova roda é simplesmente... quadrada.

E ela poderá ser útil em algumas aplicações especiais. Tanto que o novo método de locomoção já está sendo patenteado pelos criadores - já pensou se alguém tivesse patenteado a roda redonda?

A construção de robôs para locomoção em terrenos especiais, brinquedos e micromáquinas, são apenas alguns exemplos de aplicações possíveis da roda quadrada.

Giro harmônico

O primeiro protótipo de equipamento a utilizar a nova roda é um carro, com a mesma configuração típica de um carro normal - com a notável exceção de que suas rodas são quadradas. As quatro rodas quadradas são mecanicamente conectadas entre si, o que significa que elas devem girar harmonicamente.

"O deslocamento de peso que impulsiona o carro é facilitado pelo deslocamento lateral de um peso a partir do centro do carro, que é movido de forma rotativa ao redor desse centro," diz Jason Winckler, o inventor da roda quadrada. "A rotação é feita por um eixo motorizado estendendo-se verticalmente a partir do centro do carro, com um braço lateral e um peso. À medida em que o eixo gira, o peso se desloca de forma circular ao redor do carro."

Quando o peso se encontra exatamente sobre uma roda, ela faz com que a roda fique com um de seus lados sobre o chão. Como todas as rodas estão interconectadas, isso move as outras três rodas, fazendo com que o carro se movimente corretamente para a frente. Revertendo-se o movimento do eixo, o carro dá marcha-a-ré.

Forças de impulsão

A principal força de movimentação do protótipo é a própria gravidade, puxando o peso para baixo e fazendo as rodas "girarem".

Outras forças poderão ser utilizadas para "envenenar" o carro, fazendo-o ter um melhor rendimento, como aerodinâmica, hidrodinâmica, magnética, eletromagnética e eletrostática. Essas forças poderão ser independentes da massa do carro, fazendo-o movimentar-se em velocidade mais alta e com maior torque.





Outras notícias sobre:

    Mais Temas