Mecânica

Simulador de automóveis ajudará no desenvolvimento de carros mais seguros

Simulador de automóveis ajudará no desenvolvimento de carros mais seguros

Não é apenas nos jogos que os simuladores estão fazendo sucesso. Cientistas europeus, trabalhando em um projeto chamado ULTIMATE, acabam de apresentar o primeiro simulador totalmente realístico de direção de um carro em uma rodovia.

Mas não se trata apenas de um programa para se rodar em um computador comum. O novo simulador é completo, incluindo uma cabine semelhante à de um automóvel, dotada de mecanismos para simular o movimento, a aceleração e a inércia, além de uma tela cilíndrica, que dá a sensação de imersão total. Mas há a opção para se utilizar também uma tela montada em óculos ou capacete.

O objetivo da pesquisa é tanto o melhoramento dos projetos dos carros no aspecto de segurança, quanto o estudo psicológico do comportamento dos motoristas ao volante.

Os simuladores já são utilizados há anos na indústria aeronáutica. Mas os simuladores para carros até agora tinham custos proibitivos, devido à necessidade de se montar estruturas que permitissem grandes movimentos lineares. Um simulador assim, desenvolvido nos Estados Unidos, custou nada menos do que US$66 milhões.

O projeto ULTIMATE utilizou uma abordagem diferente, o que permitiu a construção de um simulador modular e muito mais barato. O simulador inteiro pesa cerca de 3,5 toneladas, consistindo em uma plataforma de seis eixos, montada sobre outra dotada de movimento linear bidirecional. O aparato consegue simular acelerações de até 7 m/s2 nas direções X e Y.





Outras notícias sobre:

Mais Temas