Mecânica

Carro estaciona sozinho - versão 100% nacional

Carro estaciona sozinho - versão 100pc nacional

Em dois anos, o mesmo controle remoto que hoje serve para travar as portas de um automóvel também poderá servir para acionar outro circuito eletrônico, responsável por fazer com que o carro estacione sozinho. O motorista precisa apenas parar ao lado da vaga, sair do automóvel e acionar o equipamento.

"O sistema possibilita o controle flexível do automóvel, integrando basicamente freio, embreagem, volante e acelerador", explica Sadek Alfaro, professor do Departamento de Engenharia Mecânica da Universidade de Brasília (UnB), à Agência FAPESP.

"Esses subsistemas se comunicam entre eles a partir do rastreamento do ambiente externo. Por meio de técnicas de inteligência artificial, o carro calcula o espaço entre ele e outros veículos e executa a baliza", conta o responsável pelo desenvolvimento do sistema de baliza automática.

Os pequenos sensores de ultra-som, espalhados na lataria do veículo, fazem o mapeamento das distâncias e emitem sinais elétricos para uma placa de gerenciamento, onde são processados os dados. Alfaro explica que a primeira fase do projeto gerou uma placa de medidas incompatíveis com a realidade do mercado.

A fase atual das pesquisas se concentra na diminuição dessa central, que deve ter no máximo cinco centímetros de largura por sete centímetros de comprimento, segundo o pesquisador, para que possa ser acoplada ao circuito eletrônico de veículos.

"Quando estiver finalizado, o protótipo será testado em veículos voltados para deficientes físicos. A idéia é disponibilizar o sistema dentro de dois anos, por no máximo R$ 2,5 mil", conta Alfaro. Segundo ele, na Europa existem sistemas similares que funcionam a laser, com preço aproximado de US$ 25 mil. "O que barateia nosso projeto são os sensores de ultra-som", conta.

Ao lado do baixo custo e do menor tempo gasto com a baliza, Alfaro também cita a segurança e a precisão do sistema como vantagens. "O carro passa a otimizar os espaços, uma vez que entra em vagas bem menores, sem danificar a lataria", afirma. A placa de gerenciamento será um acessório que poderá vir de fábrica ou ser acoplado quando o usuário desejar.

Quatro dissertações de mestrado e uma tese de doutorado sobre os mecanismos da baliza automática já foram concluídas e apresentadas no Departamento de Engenharia Mecânica da UnB.





Outras notícias sobre:

Mais Temas