Logotipo do Site Inovação Tecnológica





Mecânica

Liga de alumínio resistente à fadiga supera fibra de carbono

Redação do Site Inovação Tecnológica - 08/10/2007

Liga de alumínio resistente à fadiga supera fibra de carbono

O novo Boeing 787 acaba de fazer seus primeiros vôos e a indústria ainda comemora a utilização das mais avançadas tecnologias nesse que talvez seja o mais moderno avião de passageiros já construído.

Mas o trabalho nos laboratórios não pára e os cientistas acabam de descobrir um novo material que permitirá a fabricação de asas para aviões, entre outros equipamentos, ainda mais resistentes e leves.

Liga resistente à fadiga

A nova liga é feita com uma combinação de várias fibras de alumínio, o que a torna praticamente imune à fadiga. A fadiga é um fenômeno que afeta os materiais submetidos a vários ciclos de carga, como quando um veículo é carregado e descarregado repetidas vezes. A variação na carga, com o passar do tempo, pode levar a fraturas no material.

A nova liga, batizada de CentrAl ("Central Reinforced Aluminium") é formada por uma camada interna de laminado de metal-fibra (FML: fibre metal laminate), ensanduichada entre camadas de alumínio puro de alta densidade. Esse design cria um material robusto e resistente, mas capaz de resistir a repetidos ciclos de carga e descarga.

Além de ser mais forte do que o plástico reforçado com fibra de carbono (CFRP), utilizado nas asas do Boeing 787, a nova liga de alumínio também pode ser reparada rapidamente, no caso de alguma avaria, o que não acontece com o CFRP.







Outras notícias sobre:
  • Metais e Ligas
  • Aviões
  • Compósitos
  • Polímeros

Mais tópicos