Plantão

Financiamento para projetos de rede óptica

A Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) abriu chamada de subprojetos para o Projeto Giga, iniciativa de rede óptica conduzida em parceria com o Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunicações (CPqD). O financiamento para os subprojetos é garantido pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), com recursos do Fundo para o Desenvolvimento Tecnológico das Telecomunicações (Funttel), e varia de R$ 100 mil a R$ 500 mil. Propostas sem necessidade de financiamento, que requeiram apenas acesso à rede do Giga, também podem ser submetidas. O prazo para submissão de propostas vai até 15 de fevereiro.

De acordo com a chamada divulgada no último dia 29 de dezembro, os subprojetos devem se enquadrar em uma das quatro seguintes categorias: protocolos de rede e transporte em redes avançadas; gerenciamento em redes avançadas; aplicações multimídia de tempo real em redes avançadas; e aplicações distribuídas em larga escala. Podem candidatar-se instituições de ensino superior e de pesquisa e empresas nacionais, associadas em subprojetos submetidos pela comunidade acadêmica.

O Giga é considerado uma ação estratégica no âmbito do programa prioritário de informática do Ministério da Ciência e Tecnologia. O projeto visa ao desenvolvimento de tecnologias, aplicações e serviços para redes avançadas.

A íntegra da chamada pode ser acessada no site da RNP, em: www.rnp.br/editais/giga_200302.html


Projeto Giga

Iniciativas de redes ópticas estão presentes em vários países da Europa, América do Norte e Ásia. A grande vantagem deste tipo de rede é a ampliação da capacidade de tráfego (largura de banda) em um canal mais estreito. Uma das premissas principais do Projeto Giga é a transferência de conhecimento para a iniciativa privada. Desta forma, o projeto estará capacitando empresas brasileiras em tecnologia competitiva e gerando valor econômico. As empresas também poderão testar equipamentos, softwares e serviços para redes de alto desempenho usando a infra-estrutura do Giga. O orçamento previsto para o projeto é de R$ 55 milhões, a serem investidos ao longo de três anos.





Outras notícias sobre:

Mais Temas