Robótica

Robô movido a célula de combustível

Robô movido a célula de combustível

Um professor e um aluno de uma escola secundária dos Estados Unidos acabam de criar o primeiro robô movido a célula de combustível. Praticamente todos os robôs são alimentados por baterias ou mesmo pilhas. A célula a combustível gera energia a partir do hidrogênio e é ambientalmente correta, não emitindo qualquer tipo de poluição e nem gerando sucatas que precisem ser descartadas.

O projeto começou em Janeiro de 2.003, tocado pelo estudante Jonathan Peakall e por Tobin Hahn, professor de Ciências Físicas da Mendocino High School (Califórnia, Estados Unidos). O clube de ciências da escola financiou o projeto, num total de US$2.000,00.

Peakall agora colocou no ar um site (em inglês) dedicado a dar todas as informações de construção do robô a célula de combustível, de forma que qualquer outro estudante ou interessado possa também construir o seu próprio robô. O original, ainda sem nome, vai ser batizado nos próximos dias, por meio de um concurso envolvendo todos os estudantes da escola.

A célula de combustível, que não foi construída pelo estudante, é capaz de fornecer 10 watts de potência. Essa pequena potência tem limitado as capacidades do robô, que até o momento só é capaz de ficar circulando em se chocar com as coisas. O próximo passo do projeto é fazê-lo capaz de seguir uma fonte de luz. Está sendo acrescentado também um controle remoto, a partir de aproveitamento de peças usadas.





Outras notícias sobre:

    Mais Temas