Robótica

Japoneses criam carpa-robô

Japoneses criam carpa-robô

Engenheiros japoneses ligados à Mitsubishi Electric apresentaram sua mais nova criação robótica: uma carpa-robô. Perguntado sobre os objetivos do robô, o apresentador limitou-se a afirmar: "Apenas para diversão." Talvez. Afinal, uma brincadeira um pouco cara: o projeto custou nada menos do que US$1 milhão.

Mas o resultado é impressionante. A carpa-robô, embora muito grande, é extremamente realística, movendo-se pelo aquário de maneira graciosa como uma carpa verdadeira. Jornalistas que tiveram a oportunidade de assistir à apresentação, afirmam que apenas os olhos não são tão reais, denunciando os sofisticados mecanismos e eletrônica que faz com que o robô se mova suavemente pela água.

A carpa-robô mede 90 centímetros de comprimento e pesa 18 quilos e é capaz de mover-se a até 25 centímetros por segundo. Sensores localizados nas bordas do aquário transmitem sinais vindos do computador que efetivamente controla os movimentos do robô.

Os engenheiros afirmaram que a tecnologia que eles desenvolveram permitirá a construção de um aquário com várias criaturas marinhas já extintas, todas robóticas. O primeiro espécime a ser construído será um celacanto.

Depois do sucesso de um pequeno cão-robô, uma carpa poderá também vir a agradar os consumidores japoneses, apaixonados por pequenos lagos com carpas em seus jardins. Uma espécie em particular, chamada carpa real, chega a custar US$80.000,00.

Mas deve-ser lembrar também que a Mitsubishi constrói submarinos. Peixes são muito mais eficientes na movimentação embaixo d'água do que submarinos. O domínio de suas técnicas de movimentação poderá auxiliar no desenvolvimento de novos submarinos.





Outras notícias sobre:

    Mais Temas