Robótica

Robôs flexíveis são inspirados em vermes e minhocas

Robôs flexíveis são inspirados em vermes e minhocas

Vermes úteis

Baseando-se no entendimento de como lesmas, sanguessugas e minhocas se movimentam e agarram objetos, um grupo de biólogos e engenheiros da Universidade Case Western, Estados Unidos, desenvolveu dois robôs flexíveis que poderão no futuro tornar mais seguros para os pacientes procedimentos médicos como a colonoscopia, além de ter usos na indústria.

"Nós pegamos nosso entendimento de biologia para usá-lo como uma fonte de inspiração para novos equipamentos robóticos," afirmou Hillel Chiel, líder dos pesquisadores. "Levando a natureza a sério, nós criamos equipamentos inovadores, flexíveis e adaptáveis que serão úteis para uma grande variedade de aplicações.

Robô endoscópio

Os cientistas já obtiveram uma patente para o robô endoscópico e já deram entrada no pedido de registro de um equipamento inovador capaz de agarrar objetos, que terá usos não apenas na área médica, mas também no campo industrial.

O robô endoscópico foi construído com três atuadores parecidos com músculos, feitos de bexigas de látex envolvidas por uma malha de nylon. Ele mede pouco mais de 20 centímetros de comprimento e se parece com um longo verme oco.

Cada atuador se contrai e se expande em seqüência, movendo o robô para frente, num movimento parecido com o de uma minhoca. "Este robô pode literalmente rastejar em locais complicados ou em tubos curvos, como o intestino," explica Chiel.

Garra biomimética

O segundo equipamento, uma garra biologicamente inspirada, tem o formato de uma bola de 10 centímetros, recoberta por atuadores musculares na forma de tubos ou anéis.

Um desses tubos contém uma boca que se abre e fecha. A bola se move para adiante, abre sua boca e captura o objeto à sua frente.

O equipamento poderá ser utilizado para capturar objetos sensíveis sem quebrá-los.

O robô flexível poderá atender a necessidades de vários ramos industriais, que hoje dispõem apenas de garras rígidas, que quase nunca lidam bem com objetos sensíveis e delicados.





Outras notícias sobre:

    Mais Temas