Robótica

Músculos artificiais podem ser feitos a partir de vegetais

Músculos artificiais podem ser feitos a partir de vegetais

Os músculos artificiais são uma das grandes promessas da robótica, permitindo a fabricação de robôs menores e com baixo consumo de energia. Agora, cientistas do Serviço de Pesquisa Agrícola dos Estados Unidos, descobriram como fabricá-los utilizando material vegetal.

Até hoje, os músculos artificiais - ou polímeros eletroativos, como são tecnicamente conhecidos - só eram fabricados a partir de derivados petroquímicos. Esses polímeros especiais expandem-se ou contraem-se sob a ação de uma corrente elétrica, podendo funcionar como um atuador em robótica e em muitos outros campos da indústria e da biomedicina.

Os pesquisadores Victoria Finkenstadt e J.L. Willett descobriram como fabricar polímeros eletroativos a partir de polissacarídeos vegetais, ou amido. Na natureza, muitos polissacarídeos são isolantes, o que significa que eles impedem a passagem da eletricidade. Entretanto, os pesquisadores conseguiram eliminar esse problema com uma técnica tão eficiente que o amido passa a conduzir eletricidade da mesma forma que os polímeros derivados do petróleo.

Outro uso potencial para os biopolímeros é no recarregamento de baterias de lítio. Hoje é utilizado um gel à base de petróleo, mas os pesquisadores acreditam que o seu material poderá diminuir o tempo da recarga e aumentar a durabilidade da bateria.





Outras notícias sobre:

    Mais Temas