Robótica

Aranha-robô ganha super agilidade com pernas hidráulicas

Aranha-robô ganha super agilidade com pernas hidráulicas
As pernas do robô-aranha têm 20 centímetros de comprimento, e são acionados pneumaticamente.[Imagem: Fraunhofer IPA]

Pernas hidraúlicas

Aranhas são muito ágeis, sendo que algumas conseguem até saltar.

Elas devem essa super capacidade graças a pernas sem músculos, que são acionadas hidraulicamente.

Pesquisadores do Instituto Fraunhofer, na Alemanha, resolveram tirar proveito dessa agilidade com vistas a explorar áreas inalcançáveis por robôs de rodas, lagartas, ou mesmo bípedes.

Para deixar o robô-aranha o mais leve possível, ele foi criado usando um processo de impressão 3-D.

Dotado de uma câmera e de equipamentos de medição, sua missão será fazer um levantamento prévio de áreas assoladas por acidentes, naturais ou não.

Robô biônico

Como uma aranha de verdade, o robô mantém quatro patas no chão durante todo o tempo, enquanto as outras quatro preparam-se para o próximo passo.

Com suas longas extremidades, a aranha-robô também pode saltar.

Isto é possível usando atuadores acionados hidraulicamente, que servem tanto como articulações, como para manter os membros móveis.

Sem músculos para esticar as pernas, as aranhas acumulam altos níveis de pressão no corpo, que é então usada para bombear líquido em seus membros. O disparo rápido do líquido faz com que suas pernas se estendam.

"Nós pegamos esse princípio de mobilidade e o aplicamos ao nosso robô biônico, controlado por computador. Suas oito pernas e seu corpo também estão equipados com atuadores por pressão, que operam por pressão para dobrar e estender seus membros artificiais," explica o engenheiro Ralf Becker, coordenador do projeto da aranha-robô.

Os componentes necessários para a locomoção, tais como a unidade de controle, válvulas e compressor, estão localizados no corpo do robô.

O corpo também pode levar vários dispositivos de medição e sensores, dependendo da aplicação que se tiver em mente.





Outras notícias sobre:

    Mais Temas