Plantão

Aurora Austral cria espetáculo sobre o Pólo Sul

Aurora Austral cria espetáculo sobre o Pólo Sul
A imagem foi captada ontem sobre a estação Concórdia, na Antártica. [Imagem: ESA/IPEV/ENEAA/A. Kumar/E. Bondoux]

Auroras austrais e boreais

A ESA (Agência Espacial Europeia) divulgou uma impressionante imagem de uma aurora austral, uma aurora que ocorre na região do Pólo Sul - as auroras boreais, por sua vez, ocorrem na região do Pólo Norte, ou no Círculo Polar Ártico.

A imagem foi captada ontem sobre a estação Concórdia, na Antártica.

Os cientistas Alexander Kumar e Erick Bondoux, patrocinados pela ESA, estavam a 75° de latitude Sul quando se depararam com o espetáculo e fizeram a foto.

As auroras ocorrem frequentemente sobre as regiões polares Norte e Sul, sendo mais comuns durante períodos de atividade solar mais intensa. Nesses períodos, diversas auroras podem se chocar, produzindo explosões de luzes.

Só muito recentemente os cientistas desvendaram o mecanismo que cria as auroras, que se originam em explosões de energia magnética que ocorrem a um terço da distância entre a Terra e a Lua.

Longe de tudo

A estação Concórdia, um projeto binacional entre França e Itália, serve de base para estudos sobre glaciologia, biologia humana e pesquisas atmosféricas.

A ESA usa a estação para testes de equipamentos e treinamento de astronautas com vistas a missões espaciais de longa duração.

Durante o inverno, a estação Concórdia fica sob escuridão praticamente total, com uma temperatura média de -51°C - o recorde de temperatura mais baixa já registrada lá foi de -85°C.

Isto a torna um lugar ideal para estudar os efeitos do isolamento sobre pequenos grupos multiculturais, mantidos por longos períodos em ambientes extremamente hostis - como o espaço, durante viagens espaciais mais longas.





Outras notícias sobre:

    Mais Temas