Plantão

Autorizadas 25 novas usinas geradoras de energia renovável

Energia mais limpa

O Ministério de Minas e Energia autorizou a instalação de 25 novas usinas geradoras de energia elétrica de matriz renovável - 14 solares, oito eólicas, duas hidrelétricas e uma termelétrica de biomassa (bagaço de cana).

A previsão é que, a partir de 2021, quando todas as obras forem concluídas, 883 megawatts (MW) de potência sejam acrescidos ao Sistema Integrado Nacional.

Segundo o Ministério, os investimentos alcançarão R$ 4,5 bilhões e deverão gerar 4.040 empregos diretos.

O Ceará foi o estado mais contemplado: serão 14 usinas solares, nos municípios de Limoeiro do Norte e Caucaia, com previsão de R$ 2 bilhões em investimentos.

As demais usinas serão instaladas na Bahia, Minas Gerais e Mato Grosso.

Na Bahia, deverão ser aplicados R$ 630 milhões para colocar em funcionamento quatro usinas eólicas no município de Campo Formoso.

O plano para Minas Gerais prevê a construção de quatro usinas solares em Francisco Sá e Jaíba, uma termelétrica em Frutal e uma hidrelétrica em Chalé, com investimentos estimados em R$ 535 milhões.

Por fim, uma Central de Geração Hidrelétrica (CGH) será instalada em Buritizal, no Mato Grosso, ao custo de R$ 51,2 milhões.





Outras notícias sobre:

    Mais Temas