Logotipo do Site Inovação Tecnológica





Energia

Finalmente um catalisador para a Economia do Hidrogênio?

Redação do Site Inovação Tecnológica - 11/07/2016

Vanádio catalisa quebra da molécula de água para produzir hidrogênio
O material é uma monocamada de hidróxidos contendo vanádio e níquel.
[Imagem: Ke Fan et al. - 10.1038/ncomms11981]

Hidrogênio

Pesquisadores do Instituto Real de Tecnologia, na Suécia, anunciaram a superação de uma das principais barreiras rumo à exploração do hidrogênio como fonte de energia renovável.

Eles prometem nada menos do que "uma maneira barata, estável e eficiente" para produzir hidrogênio a partir da água - eventualmente usando luz solar -, o que abriria caminho para a tão esperada "economia do hidrogênio".

Ke Fan e seus colegas descobriam um novo material composto por elementos comuns, abundantes e de baixo custo, que funciona como um catalisador de alta eficiência para a quebra da molécula da água em hidrogênio e oxigênio.

Como os catalisadores com melhor desempenho para a oxidação eletroquímica - ou quebra da molécula de água - são metais preciosos do grupo da platina, todos raros e muito caros, inúmeras equipes em todo o mundo estão à procura de alternativas mais baratas para a produção de hidrogênio.

Eletrocatalisador de níquel e vanádio

O novo catalisador consiste em uma monocamada de hidróxidos, envolvendo níquel e vanádio, que apresentou um efeito eletrocatalisador similar ao dos materiais mais caros disponíveis.

A monocamada de baixo custo e altamente eficiente de níquel-vanádio supera outros eletrocatalisadores compostos de materiais não preciosos, diz Fan, além de oferecer uma alternativa competitiva e barata aos catalisadores que contam com materiais mais caros, como o óxido de irídio (IrO2) ou o óxido de rutênio (RuO2).

"Esta é a primeira vez que o metal vanádio foi usado para dopar o hidróxido de níquel para formar um catalisador de oxidação da água, e ele funciona muito bem - até além das nossas expectativas," disse Fan. "Não há dúvida de que este material pode expandir muito o alcance dos eletrocatalisadores de elementos de metais não-preciosos, e abre novas áreas para a separação da água."

Bibliografia:

Artigo: Nickel-vanadium monolayer double hydroxide for efficient electrochemical water oxidation
Autores: Ke Fan, Hong Chen, Yongfei Ji, Hui Huang, Per Martin Claesson, Quentin Daniel, Bertrand Philippe, HÃ¥kan Rensmo, Fusheng Li, Yi Luo, Licheng Sun
Revista: Nature Communications
Vol.: 7, Article number: 11981
DOI: 10.1038/ncomms11981






Outras notícias sobre:
  • Hidrogênio
  • Fontes Alternativas de Energia
  • Energia Solar
  • Catalisadores

Mais tópicos