Logotipo do Site Inovação Tecnológica





Espaço

Cofre antimagnetismo tentará detectar nova física

Redação do Site Inovação Tecnológica - 21/05/2015

Cofre antimagnetismo tentará detectar nova física
O interior da câmara antimagnética, com seus 4,1 metros cúbicos, tem o menor campo magnético do Sistema Solar.
[Imagem: Astrid Eckert/TUM]

Menor campo magnético do Sistema Solar

O interior de um pequeno laboratório construído na Universidade de Munique por uma equipe internacional de físicos é a área com menor campo magnético do Sistema Solar.

Os campos magnéticos atravessam a matéria, o que faz com que haja magnetismo por toda parte. Apenas o campo magnético da Terra, por exemplo, é de cerca de 50 microTesla, mas a ele devem ser adicionados os campos gerados por transformadores, aparelhos eletrônicos, motores, objetos metálicos etc.

Contudo, no interior do laboratório antimagnético, com seus 4,1 metros cúbicos, o campo magnético é um milhão de vezes menor do que em nosso ambiente.

O cofre antimagnetismo foi construído justapondo várias camadas de uma liga altamente magnetizável. Essas camadas atenuam os campos magnéticos entrantes de tal forma que, no interior do laboratório, o magnetismo detectado é comparável ao dos confins do Sistema Solar, longe de qualquer planeta ou grande corpo celeste.

Nova física

O objetivo é usar essa câmara antimagnética para realizar experimentos de alta precisão em física, biologia e medicina.

Os físicos, por exemplo, suspeitam que os nêutrons têm um minúsculo dipolo elétrico, mas não havia até agora um laboratório com as condições que permitissem medições nesse nível de precisão porque o magnetismo do ambiente interfere com os experimentos.

"Este tipo de medição é de importância fundamental na física de partículas e ameaça escancarar portas para a física além do modelo padrão da física de partículas," disse o professor Peter Fierlinger, membro da equipe.

Bibliografia:

Artigo: A large-scale magnetic shield with 106 damping at millihertz frequencies
Autores: I. Altarev, M. Bales, D. H. Beck, T. Chupp, K. Fierlinger, P. Fierlinger, F. Kuchler, T. Lins, M. G. Marino, B. Niessen, G. Petzoldt, U. Schlapfer, A. Schnabel, J. T. Singh, R. Stoepler, S. Stuiber, M. Sturm, B. Taubenheim, J. Voigt
Revista: Journal of Applied Physics
Vol.: 117, 183903
DOI: 10.1063/1.4919366






Outras notícias sobre:
  • Magnetismo
  • Universo e Cosmologia
  • Radiação Eletromagnética
  • Raios Laser

Mais tópicos