Logotipo do Site Inovação Tecnológica





Plantão

Maior pedra de granizo do mundo caiu na Argentina

Redação do Site Inovação Tecnológica - 03/05/2020

Recorde mundial de granizo
Recorde mundial de granizo: Esta é a maior pedra de granizo já documentada.
[Imagem: Victoria Druetta]

Recorde mundial de granizo

A maior pedra de granizo já registrada caiu em Villa Carlos Paz, na Argentina, durante uma tempestade em 2018.

O novo recorde mundial foi estabelecido após uma análise feita por Matthew Kumjian e Rachel Gutierrez, da Universidade do Estado da Pensilvânia.

A pedra de granizo media 18,8 x 23,6 centímetros. O recorde atual pertencia a um granizo mais arredondado, com cerca de 20,3 centímetros de diâmetro - o que é mais ou menos o tamanho de uma bola de vôlei - que caíra no estado de Dakota do Sul, nos EUA.

"É incrível. Este é o extremo superior do que você esperaria de um granizo," disse o professor Kumjian.

Os pesquisadores só foram estudar a tempestade na Argentina mais de um ano depois, entrevistando testemunhas, visitando locais onde ocorreram danos, coletando dados fotogramétricos, analisando observações de radar e, claro, recolhendo fotografias. Usando medições fotogramétricas nas fotografias e evidências de vídeo, a dupla estimou que a pedra de granizo de fato bateu um recorde mundial.

Maior pedra de granizo do mundo

Os cientistas propõem que granizos com mais de 15 cm recebam a classificação de "Gigantesco" (gargantuan). Mais do que uma curiosidade, a documentação desses eventos, que são raros, ajudam a entender melhor e modelar as tempestades mais perigosas.

"Qualquer coisa com mais de 2,5 cm de tamanho pode começar a amassar o seu carro. Em alguns casos raros, granizos de 15 cm passaram por telhados e vários andares das casas. Gostaríamos de ajudar a mitigar os impactos na vida e nas propriedades, ajudando a antecipar esse tipo de evento," disse Kumjian.

O granizo geralmente ocorre durante tempestades muito fortes, que produzem correntes de ar fortes e sustentadas. Os ventos mantêm as pedras de granizo no ar, em temperaturas abaixo de zero, por tempo suficiente para que elas cresçam. Mas prever o tamanho do granizo continua sendo um desafio a ser vencido.

Bibliografia:

Artigo: Gargantuan Hail in Argentina
Autores: Matthew R. Kumjian, Rachel Gutierrez
Revista: Bulletin of the American Meteorological Society
DOI: 10.1175/BAMS-D-19-0012.1





Outras notícias sobre:
  • Monitoramento Ambiental
  • Refrigeração
  • Impactos sobre o Meio Ambiente
  • Desenvolvimento Sustentável

Mais tópicos