Logotipo do Site Inovação Tecnológica





Nanotecnologia

Micropinça manipula peças de micromáquinas

Redação do Site Inovação Tecnológica - 22/02/2012

Micromanipulador para construir sistemas microeletromecânicos
O micromanipulador aproveita o sistema de controle de fuso roscado de um micrômetro padrão, e usa uma "interface de grafite" para converter o movimento de giro do botão do cilindro em uma ação de puxar e empurrar.
[Imagem: Birck Nanotechnology Center]

Fabricação de MEMS

Engenheiros criaram uma micropinça capaz de manipular objetos para construir estruturas minúsculas, incluindo segurar e posicionar esferas com células-tronco vivas.

As micropinças, ou micromanipuladores, podem ser usados para montar estruturas em sistemas microeletromecânicos, os MEMS, feitos com peças móveis minúsculas.

Os acelerômetros e giroscópios que equipam consoles de videogames e smartphones, além de muitos acionadores de air-bags, são exemplos de MEMS.

Contudo, uma variedade muito maior de aparelhos MEMS poderia ser fabricada com a ajuda de de uma ferramenta capaz de juntar componentes microscópicos, como se eles fossem peças de Lego.

Micropinça mecânica

É justamente isso que faz a micropinça criada pela equipe do professor Cagri Savran, da Universidade Purdue, nos Estados Unidos.

"Nós demonstramos como isso pode ser feito facilmente, usando uma micropinça compacta e de fácil utilização para montar esferas de poliestireno em formas tridimensionais," conta ele.

Micromanipulador para construir sistemas microeletromecânicos
A micropinça foi usada para montar pequenas esferas de poliestireno (à esquerda), cada uma com um diâmetro de 40 micrômetros, em formas tridimensionais. À direita, as esferas foram posicionadas em uma barra oscilante para serem pesadas.
[Imagem: Birck Nanotechnology Center]

A nova ferramenta aproveita o sistema de controle de fuso roscado de um micrômetro padrão, e usa uma "interface de grafite" para converter o movimento de giro do botão do cilindro em uma ação de puxar e empurrar, por sua vez usada para abrir e fechar as pontas de uma pinça dupla feita de silício.

Já existem outras micropinças, mas que normalmente se movem através de magnetismo, calor ou eletricidade. São projetos mais complexos e caros para fabricar, e relativamente difíceis de operar.

A micropinça do professor Savran é muito mais simples, e inteiramente mecânica, o que aumenta seu potencial para aplicações práticas.

Bibliografia:

Artigo: A Compact Manually Actuated Micromanipulator
Autores: Bin-Da Chan, Farrukh Mateen, Chun-Li Chang, Kutay Icoz,, and Cagri A. Savran
Revista: Journal of Microelectromechanical Systems
Vol.: 21 Issue:1 pages 7 - 9
DOI: 10.1109/JMEMS.2011.2174431






Outras notícias sobre:
  • MEMS
  • Nanomáquinas
  • Micro e Nano Robôs
  • Metrologia e Padronização

Mais tópicos