Plantão

Primeiro supercomputador da classe petaflop é desligado

Primeiro supercomputador da classe petaflop é desligado
O supercomputador possuía 97 km de cabos de fibra óptica, embutidos em 288 armários, cada um do tamanho de uma geladeira.[Imagem: LANL]

O supercomputador Roadrunner fez história ao ser lançado, em 2008.

Montado no Laboratório Nacional Los Alamos, nos Estados Unidos, ele tornou-se não apenas o supercomputador mais rápido do mundo, mas também o primeiro supercomputador a atingir a classe petaflop.

Com exatos 1,02 petaflop, o Roadrunner era capaz de executar 1,02 quatrilhão (1015) de cálculos de ponto flutuante por segundo.

Mas sua grande novidade foi o uso de processadores originalmente projetados para consoles de videogame.

O supercomputador híbrido possuía 12.240 processadores PowerXCell 8i 3200 MHz - o mesmo que equipava o Sony PlayStation 3 - e 6.562 processadores AMD Opteron Dual-Core.

Embora ainda figurasse na lista dos 25 supercomputadores mais rápidos do mundo, o Roadrunner foi desligado e agora está sendo desmontado, apenas cinco anos depois de sua inauguração.

Por que? Ora, nem mesmo os cientistas acham legal ter um supercomputador com mais de cinco anos de idade se dá para comprar um mais moderno.

O Roadrunner custou US$121 milhões em 2008. O Cielo, o novo supercomputador que está sendo colocado em seu lugar, custou US$54 milhões - e é mais rápido e consome menos energia.

Primeiro supercomputador da classe petaflop é desligado
O Cielo, o novo supercomputador que está sendo colocado no lugar do Roadrunner, é mais rápido e consome menos energia. [Imagem: LANL]

Exaflop

Segundo nota do Laboratório Los Alamos, "sem cerimônia, o supercomputador mais rápido do mundo de 2008 foi desligado neste fim de semana. Mas ele não será esquecido".

Estima-se que na década de 2020 os supercomputadores atingirão a escala do exaflop - um quintilhão, ou 1018, cálculos de ponto flutuante por segundo.

O novo supercomputador Cielo, que vai concorrer ao título de supercomputador mais rápido do mundo, possui 96 gabinetes tipo geladeira com 144.000 núcleos de processamento e 300 terabytes de memória.





Outras notícias sobre:

    Mais Temas