Logotipo do Site Inovação Tecnológica





Plantão

Telescópio Kepler apresenta falha que pode encerrar missão

Redação do Site Inovação Tecnológica - 16/05/2013

Telescópio Kepler apresenta falha que pode encerrar missão
No mês passado, o Telescópio Kepler descobriu planetas parecidos com a Terra na zona habitável de suas estrelas.
[Imagem: NASA]

Giro sem giroscópio

O telescópio espacial Kepler, lançado para procurar planetas semelhantes à Terra, e até luas potencialmente habitáveis, apresentou falhas técnicas que podem representar o fim de sua missão.

Na última terça-feira, o telescópio apresentou defeito em uma de suas quatro "rodas de reação" - uma espécie de giroscópio -, que são usadas para mantê-lo precisamente apontado para as estrelas que está observando.

Um dos giroscópios já havia apresentado problemas, mas são necessários três operando normalmente para estabilizar o telescópio.

Com o defeito do giroscópio número quatro, agora pode não ser mais possível recuperar o funcionamento normal.

Com o defeito, o telescópio Kepler começou a girar lentamente, entrando em modo de segurança de forma automática.

Os painéis solares continuam apontados na direção do Sol, permitindo o funcionamento de todos os sistemas, mas o link de comunicação entra e sai do ar continuamente, conforme o telescópio gira.

Os técnicos estão usando combustível para estabilizá-lo, sendo que há reserva nos tanques para manter essa estratégia durante meses.

A maior preocupação, contudo, é que pode não haver meios de recuperação de um dos giroscópios defeituosos, o que significaria o fim da missão.

"Com a falha de uma segunda roda de reação, é improvável que a nave espacial seja capaz de retornar à elevada precisão de apontamento que possibilita a sua fotometria. No entanto, nenhuma decisão foi tomada para encerrar a coleta de dados," afirmou a NASA em nota.







Outras notícias sobre:
  • Telescópios
  • Corpos Celestes
  • Sondas Espaciais
  • Universo e Cosmologia

Mais tópicos