Plantão

USP inaugura laboratório de pesquisa em internet das coisas

USP inaugura laboratório de pesquisa em internet das coisas
Laboratório poderá ser utilizado por pesquisadores, empresas incubadas, startups, iniciativas científicas e empresariais.[Imagem: Divulgação/LSI-TEC USP]

Coisas plugadas

A Universidade de São Paulo (USP) inaugurou a Central Multiusuário em Manufatura Avançada em Internet das Coisas, no campus Cidade Universitária, em São Paulo.

Internet das coisas (ou IoT, na sigla em inglês) é o nome dado à tecnologia usada para conectar objetos como roupas, veículos e eletrodomésticos à internet, formando uma rede capaz de coletar e transmitir dados com os mais diversos objetivos.

De acordo com a USP, a Central Multiusuário em Manufatura Avançada em Internet das Coisas conta com equipamentos de última geração para o desenvolvimento de protótipos, cabeças de série e produtos inovadores.

A Central será disponibilizada para a comunidade científica, empresas incubadas, startups e outras iniciativas científicas e empresariais voltadas para a inovação.

Plano Nacional da Internet das Coisas

A criação do laboratório está inserida no contexto do Plano Nacional da Internet das Coisas do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCTIC), que visa acelerar a implantação da internet das coisas como instrumento do desenvolvimento nacional.

No plano proposto, foram identificados quatro ambientes prioritários: cidades, saúde, agronegócio e indústria.

A Central Multiusuário é ligada ao Centro Interdisciplinar em Tecnologias Interativas (Citi) da Escola Politécnica (Poli) da USP, núcleo que desenvolve atividades de pesquisa para promover a inovação no contexto de tecnologias de comunicação e informação.





Outras notícias sobre:

    Mais Temas