Logotipo do Site Inovação Tecnológica





Informática

Wi-Fi funciona como sonar para rastrear pessoas em ambientes internos

Redação do Site Inovação Tecnológica - 06/09/2019

Wi-Fi funciona como sonar para rastrear pessoas em ambientes internos
O WIO é um programa, mas os pesquisadores criaram um protótipo de hardware para testes iniciais com outros aparelhos.
[Imagem: NCSU]

Sonar por Wi-Fi

Uma técnica para medir a velocidade e a distância em ambientes internos promete melhorar as tecnologias de navegação para robôs, drones ou pedestres que tentam encontrar o caminho em aeroportos ou museus.

A técnica usa uma nova combinação de sinais Wi-Fi e a tecnologia dos acelerômetros para rastrear aparelhos em tempo quase real.

"Nós chamamos nossa abordagem de Odometria Inercial Assistida por Wi-Fi (WIO)," disse Raghav Venkatnarayan, da Universidade Estadual da Carolina do Norte, nos EUA. "O WIO usa o Wi-Fi como um sensor de velocidade para rastrear com precisão o movimento de alguém. Pense nisso como um sonar, mas usando ondas de rádio, em vez de ondas sonoras".

Muitos aparelhos, como os celulares, incorporam uma tecnologia chamada Unidade de Movimento Inercial, ou IMU (Inertial Measurement Unit) para calcular a distância que o aparelho se moveu. No entanto, as IMUs sofrem de grandes erros de desvio, o que significa que mesmo pequenas imprecisões podem rapidamente se tornar exageradas.

Em ambientes externos, basta usar o GPS para corrigir os erros das IMUs, mas isso não funciona em áreas internas, onde os sinais de GPS não são confiáveis ou nem mesmo existem.

"Nós criamos o WIO para trabalhar em conjunto com a IMU de um aparelho, corrigindo quaisquer erros e melhorando a precisão dos cálculos de velocidade e distância," explicou o professor Muhammad Shahzad. "Essa melhoria na precisão também deve melhorar os cálculos referentes à localização precisa de um dispositivo em qualquer ambiente interno onde exista um sinal Wi-Fi".

Rumo às prateleiras

Os testes confirmaram que o WIO melhora drasticamente os cálculos de velocidade e distância: Os aparelhos que usavam WIO calcularam a distância com uma margem de erro que variou de 5,9% a 10,5%. Sem o WIO, os mesmos aparelhos calcularam a distância com uma margem de erro de 40% a 49%.

"Estamos no momento trabalhando com a Sony para melhorar ainda mais a precisão do WIO, visando incorporar o software em tecnologias de prateleira," anunciou Shahzad.

Bibliografia:

Artigo: Enhancing Indoor Inertial Odometry with WiFi
Autores: Raghav H. Venkatnarayan, Muhammad Shahzad
Revista: Proceedings of the ACM on Interactive, Mobile, Wearable and Ubiquitous Technologies
Vol.: 3 Issue 2, June 2019
DOI: 10.1145/3328918






Outras notícias sobre:
  • Equipamentos Eletrônicos
  • Transmissão de Dados
  • Realidade Virtual
  • Metrologia e Padronização

Mais tópicos