Energia

Micro célula a combustível

Cientistas canadenses, pertencentes ao Alberta Research Council, atingiram um novo marco no desenvolvimento da tecnologia de células a combustível sólidas (SOFC - "Solid Oxide Fuel Cell"). Os pesquisadores desenvolveram uma micro célula com projeto inovador, para aplicação em dispositivos eletrônicos portáteis, como notebooks e PDAs.

"Este é um marco que nós atingimos em nosso interesse estratégico na tecnologia de células a combustível," disse Johen Zhou, gerente do Laboratório de Materiais Avançados. "Tecnologias alternativas de energia estão se tornando crescentemente importantes no mundo atual e nós precisamos pesquisar opções que tenham aplicações práticas."

Os pesquisadores construíram um protótipo capaz de alimentar um pequeno ventilador. A célula consiste de um pequeno tubo cerâmico de dois milímetros de diâmetro e dois centímetros de comprimento. O combustível utilizado é o hidrogênio, mas a célula pode ser adaptada para funcionar também com gás natural, butano ou propano. Esse desenho flexível torna a célula menos agressiva ao meio-ambiente devido às baixas emissões de CO2.

"Nós ainda estamos no estágio inicial da pesquisa e do desenvolvimento, mas nosso foco é desenvolver uma fonte de energia que seja fácil de acionar e que forneça alta potência em um espaço relativamente reduzido, como um telefone celular, laptop ou PDA," disse Partho Sarkar, um dos pesquisadores. "Células a combustível óxido-sólidas têm uma das mais altas eficiências de conversão de todas as células a combustível, entre 35 e 60%, de forma que elas são excelentes candidatas para esse tipo de pesquisa aplicada."

A pesquisa já está sendo feita há 18 meses, tendo consumido US$700.0000,00 em recursos. Seis patentes já foram solicitadas como resultado das pesquisas.





Outras notícias sobre:

Mais Temas