Logotipo do Site Inovação Tecnológica





Materiais Avançados

Nova técnica produz diamantes sintéticos incolores de até 10 quilates

Redação do Site Inovação Tecnológica - 18/05/2005

Nova técnica produz diamantes sintéticos incolores de até 10 quilates

Pesquisadores do Laboratório de Geofísica da Instituição Carnegie, Estados Unidos, descobriram um processo de fabricação de diamantes de até 10 quilates, medindo cerca de um centímetro e meio de diâmetro. O processo é muito rápido, atingindo um crescimento das pedras de 100 micra por hora.

As dimensões alcançadas com a nova técnica são cerca de cinco vezes maiores do que aquelas dos diamantes sintéticos atualmente disponíveis comercialmente. O processo pertence à classe CVD, ou deposição de vapor químico.

Além de diamentes muito grandes, os pesquisadores conseguiram criar pedras incolores. O resultado das descobertas foi apresentado na 10ª Conferência Internacional de Ciência e Tecnologia de Diamantes, em Tsukuba, no Japão.

"Cristais de alta qualidade acima de 3 quilates são muito difíceis de se produzir utilizando o enfoque convencional," afirmou Russell Hemley, que chefiou a equipe de pesquisas. "Vários grupos já começaram a crescer diamantes de cristal único utilizado CVD, mas diamantes grandes, sem cor e sem falhas, permaneciam um desafio a ser vencido. Nossa produção de diamantes CVD de 10 quilates e meia polegada é uma descoberta e tanto."

A maioria dos diamantes sintéticos produzidos por alta pressão são amarelos e quase todos os diamantes CVD têm a cor cinza, o que limita suas aplicações ópticas. Diamantes incolores são muito mais caros de se produzir e, até agora, só havia relatos de pedras muito pequenas.

A taxa de crescimento padrão do novo processo é de 100 micra por hora, mas os pesquisadores verificaram taxas de até 300 micra por hora. Segundo eles, até um milímetro por hora é uma taxa viável de ser alcançada.

Diamantes incolores grandes e produzidos rapidamente deverão significar queda nos seus preços, abrindo possibilidades de várias aplicações tecnológicas. "A era dos diamantes está à nossa frente," profetizou Hemley.






Outras notícias sobre:
  • Diamantes
  • Microeletrônica
  • Semicondutores

Mais tópicos