Materiais Avançados

Bem-vindo a uma nova era na reciclagem dos plásticos

Em um avanço que poderá representar uma nova era na reciclagem de plásticos, cientistas japoneses relataram o desenvolvimento de um processo que quebra alguns tipos de plásticos em seus ingredientes químicos originais, que podem então ser reutilizados para se fazer plásticos novos, de alta qualidade (para um enfoque diferente, veja outra reportagem sobre o assunto, também publicada hoje: Microondas transformam plástico de volta em óleo)

Despolimerização

Esse é o enfoque por trás da reciclagem de latas de bebida, sucatas de aço e embalagens de vidro, que são fundidas para se produzir alumínio, aço e vidro. Entretanto, não havia um processo para "despolimerizar", ou quebrar, as longas cadeias de moléculas que formam as milhões de toneladas de polímeros, ou plásticos, que são jogados no lixo a cada ano. Ao invés disso, a reciclagem de certos plásticos envolve a fusão e a transformação em um plástico que é menos puro do que o original.

Akio Kamimura e Shigehiro Yamamoto anunciaram a invenção de um novo método eficiente para despolimerizar plásticos de poliamida - que incluem o nylon e o Kevlar. A tecnologia, ainda em escala de laboratório, não exige caras câmaras de pressão, temperaturas extremas e nem uma grande quantidade de energia. Tudo acontece em frascos de vidro normais de laboratório.

Líquidos iônicos

O método se baseia nos líquidos iônicos, líquidos que contêm apenas íons (átomos com uma carga elétrica) e são solventes poderosos. Os pesquisadores usaram um líquido iônico que quebrou o nylon-6 em seu componente básico, o captrolactam, que pode ser reciclado e reutilizado inúmeras vezes.

"Este é o primeiro exemplo do uso de líquidos iônicos para a despolimerização efetiva de materiais poliméricos e irá abrir um novo campo na química dos líquidos iônicos, assim como na reciclagem dos plásticos," diz o relatório dos cientistas.

Bibliografia:

An Efficient Method to Depolymerize Polyamide Plastics: A New Use of Ionic Liquids
Akio Kamimura, Shigehiro Yamamoto
Organic Letters
July 5 2007
Vol.: Vol. 9 (13), 2533 -2535
DOI: 10.1021/ol070886c S1523-7060(07)00886-3
http://pubs.acs.org/cgi-bin/sample.cgi/orlef7/2007/9/i13/pdf/ol070886c.pdf




Outras notícias sobre:

    Mais Temas