Mecânica

Máquinas CNC inteligentes poderão fazer retificação e desbaste sozinhas

Máquinas CNC inteligentes poderão fazer retificação e desbaste sozinhas

Pesquisadores da Universidade Purdue (Estados Unidos) estão trabalhando junto ao setor industrial para desenvolver um sistema inteligente de retificação e desbaste que poderá representar centenas de milhões de dólares anuais de economia para a indústria.

"A retificação de precisão é atualmente uma arte que se baseia totalmente na experiência e no conhecimento de funcionários que estão na profissão há anos," explica Yung Shin, coordenador da pesquisa. "O problema é que muitas fábricas não têm o número suficiente desses trabalhadores experientes, fazendo com que uma grande parte dos processos de retificação sejam feitos em condições abaixo do desejável."

O sistema de otimização inteligente e controle do processo de retificação utiliza inteligência artificial, um tipo de programa que imita a forma como os seres humanos pensam e aprendem, a fim de se adaptar a condições diversas de trabalho.

"Nosso sistema tenta permitir que funcionários relativamente inexperientes operem equipamentos de retificação com a mesma precisão que esses raros funcionários experientes," diz Shin. O Dr. Shin apresentou seu trabalho ontem (13/05), na conferência Automation & Assembly Summit, realizada em Fort Worth, Texas.

A tecnologia será comercializada pelo grupo de empresas que apóia a pesquisa: TechSolve, Delphi, Applied Grinding Technologies e Landis Gardner.

O sistema inteligente irá utilizar um grande volume de dados coletados por vários sensores. A seguir o software de inteligência artificial utilizará esses dados para "aprender" como utilizar o equipamento. Esses equipamentos, conhecidos como máquinas CNC, têm amplo uso na indústria e grande parte delas já vêm com sensores para monitoramento de suas operações.

Estas máquinas utilizam rebolos de cerâmica ou diamante para dar um acabamento preciso em peças de precisão. Mas elas podem também ser utilizadas para criar uma peça inteira a partir de uma barra metálica bruta.





Outras notícias sobre:

Mais Temas