Mecânica

Toyota apresenta seu carro-conceito, primo do seu recém-lançado robô

Toyota apresenta seu carro-conceito

Na mesma feira que apresentou seu novo robô, a empresa japonesa Toyota mostrou também seu novo conceito em mobilidade pessoal. Trata-se de um veículo-conceito totalmente inovador, cujo principal objetivo é, segundo a empresa, permitir que o passageiro "desfrute a liberdade de movimento".

O i-unit, como foi batizado o veículo, demonstra, pelo próprio nome, que se encaixa na mesma linha do i-foot, um esforço único da empresa para o desenvolvimento de uma nova forma de mobilidade pessoal.

Com o i-foot, o i-unit tem seu desenho inspirado numa folha, que a empresa deseja associar a um meio de transporte ambientalmente correto.

O veículo é capaz de alterar sua forma, ficando "de pé" quando parado, tanto facilitando a entrada e a saída do motorista, quanto ocupando menos espaço no estacionamento. Mas ele pode também andar nessa posição erguida, desde que em baixa velocidade.

Quando em alta velocidade, o veículo se reclina, baixando seu centro de gravidade e ganhando estabilidade. Todo o veículo é controlado por uma tecnologia chamada "by-wire", a mesma que permitiu a construção dos aceleradores eletrônicos, hoje já comuns nos carros comerciais, onde se aboliu o cabo do acelerador. Só que o i-unit eliminou todo e qualquer cabo ou transmissão mecânica, incluindo freios e direção.

O i-unit também conta com um sistema baseado em tecnologia RFID, que utiliza a transmissão de dados por ondas de rádio. Em estradas devidamente equipadas com um sistema de transportes inteligente (ITS), o veículo pode ser dirigido totalmente por um piloto automático, inclusive a direção. O sistema ITS impede que dois carros se choquem.

O pequeno veículo, que é totalmente elétrico, mede 1,1 metro quando em modo reclinado e 1,80 metro em modo erguido. Ele é capaz de girar num espaço de apenas 90 centímetros, graças ao sistema de direção nas quatro rodas.





Outras notícias sobre:

Mais Temas