Plantão

Mudanças nos Fundos Setoriais

O Grupo de Trabalho escolhido para analisar e propor mudanças nas articulações dos Fundos Setoriais decidiu, em sua primeira reunião realizada na última quinta-feira, que pedirá mais prazo para concluir os trabalhos. A previsão é de que as discussões da primeira fase do projeto sejam concluídas até meados de abril. Em seguida, o grupo seguirá com discussões, nas quais serão convidados a participar representantes dos ministérios com relações afins entre os projetos.

Os membros do Grupo de Trabalho se comprometeram com a coordenação a enviar sugestões a serem discutidas e enquadradas na definição de propostas do Plano Plurianual. Entre os pontos levantados, questionou-se a forma de financiamento que é dada às empresas, a forma de assegurar recursos orçamentários para o MCT e as relações entre a aplicação dos fundos e as universidades.

De acordo com o coordenador do grupo e secretário-executivo do Ministério da Ciência e Tecnologia, Wanderley de Souza, o prazo inicial, marcado para o dia 30 de março, terá de ser extrapolado devido ao atraso na publicação da criação do grupo no Diário Oficial da União.





Outras notícias sobre:

Mais Temas