Plantão

Criados quatro novos Fundos Setoriais

As áreas de construção naval, florestal, automotiva e de ciências humanas e sociais terão recursos próprios para financiamento de projetos de pesquisa e desenvolvimento em ciência e tecnologia. A proposta de criação de quatro novos Fundos Setoriais específicos para essas áreas foi apresentada hoje aos membros da Comissão de Desenvolvimento Regional e Inclusão Social do Conselho de Ciência e Tecnologia (CCT).

Segundo o ministro Roberto Amaral, secretário do CCT, "esses recursos vão atender a demanda de pesquisa em C&T para setores que hoje estão no vazio do financiamento institucional". Os Fundos, que são coordenados pelo MCT, têm gestão interministerial. A proposta será apresentada ao Presidente da República no próximo dia 11 de dezembro.

O encontro de hoje foi aberto com uma apresentação da aplicação de recursos dos Fundos Setoriais aos conselheiros, que ficaram satisfeitos com a informação de que 90% do orçamento disponível para 2003, o equivalente a R$ 574,3 milhões, serão executados pelo MCT.


Arranjos Produtivos Locais (APL)

Outro ponto discutido pela Comissão é o projeto de Arranjos Produtivos Locais. O Secretário de C&T para Inclusão Social, Jocelino de Mezenes, defendeu que 20% dos recursos dos Fundos de Agronegócio, Mineral, Recursos Hidrícos, Petróleo e Gás Natural, Transportes e Energia, fossem destinados para projetos de APL, o que representa R$ 70 milhões para 2004. "Os Arranjos são o maior instrumento de inovação tecnológica para promover o desenvolvimento regional", afirmou Jocelino de Menezes.

Eleito coordenador desta Comissão, o conselheiro Roberto Santos defendeu as ações que "promovam desenvolvimento local, agregando conhecimento e valor à produção, com benefícios diretos às comunidades".





Outras notícias sobre:

    Mais Temas