Plantão

R$ 90 milhões para os Institutos do Milênio

Os projetos selecionados no edital do Programa Institutos do Milênio 2005-2008 foram anunciados pelo ministro da Ciência e Tecnologia, Sérgio Resende, em Brasília.

Segundo o MCT, das 236 propostas analisadas, a comissão julgadora selecionou 34 propostas que, juntas, receberão investimentos de R$ 90 milhões nos próximos três anos.

Rezende destacou a importância do programa, dotado de recursos substanciais e em sintonia com as áreas estratégicas de desenvolvimento, definidas na Política Industrial e Tecnológica do governo federal.

O ministro também adiantou o compromisso do governo federal em garantir que ao menos 60% dos recursos provenientes dos Fundos Setoriais em 2006 não sejam contingenciados.

Os projetos selecionados no edital estão divididos em duas categorias distintas: Demanda Espontânea e Áreas Induzidas. A primeira deixa livre para os pesquisadores a escolha do tema de seus trabalhos, em qualquer área do conhecimento. A segunda abrange temas determinados e considerados de interesse estratégico nacional, como Fármacos e Produtos Naturais, Violência e Segurança Pública, Terapia Gênica e Nanotecnologia.

As propostas foram avaliadas por uma comissão técnica composta por especialistas de diversas áreas do conhecimento. Segundo Erney Camargo, presidente do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), a liberação dos recursos para os grupos selecionados deverá começar no fim de outubro ou no início de novembro.

Criados em 1985, os Institutos do Milênio são grandes redes de pesquisa formadas para apoiar o desenvolvimento de institutos na vanguarda do conhecimento científico e tecnológico nos diversos campos do saber.

A lista dos projetos pode ser vista no site do CNPq (ver link no quadro Para Navegar, abaixo).





Outras notícias sobre:

    Mais Temas