Robótica

Robô faxineiro

Robô faxineiro

"Ele não é bonito, mas é funcional." Assim Henry Happel, presidente da Advanced Robotics Vehicles apresenta seu robô LL1, capaz de limpar janelas. Antes de achar a tarefa trivial, dê uma olhada para os gigantescos edifícios modernos, todos envidraçados.

Ou lembre-se da pirâmide de vidro de mais de vinte metros de altura que fica na entrada no museu Louvre, de Paris. Não poderia haver lugar melhor para chamar a atenção para a novidade. A frágil estrutura não suportaria o peso de um faxineiro humano. Até agora a saída era montar um enorme guindaste, o que significa operação cara e demorada. O robô LL1, por sua vez, fará rapidamente o trabalho. Em dois dias a estrutura estará parecendo nova. E ela poderá ser limpa a cada três meses.

O LL1 consiste de um pequeno retângulo, fixando-se na superfície de vidro através de ventosas. Á frente vai o enorme rodo, responsável pela limpeza, dotado de escovas rotativas. O ar comprimido para as ventosas e para girar o rodo é fornecido através de uma mangueira de 30 metros de comprimento. O controle é totalmente feito por um joystick.

Já tendo conquistado clientes também nos Estados Unidos, a empresa espera agora oferecer o serviço de limpeza de aviões. O robô LL1 é capaz de deslocar-se com rapidez e segurança, fazendo giros ao redor do corpo dos grandes aviões. Nesse caso, além da limpeza, o robô poderá ser dotado de câmeras para detecção de sinais de deterioração na superfície das aeronaves.





Outras notícias sobre:

    Mais Temas