Robótica

Ambiente virtual auxilia robôs em operações de busca e salvamento

Ambiente virtual auxilia robôs em operações de busca e salvamento

O resgate de vítimas em ambientes de desastres, naturais ou não, é atualmente feita por humanos ou por cães treinados. Em ambos os casos, há uma inerente dificuldade de comunicação, tornando a tarefa muito pouco eficiente. É por isto que inúmeros grupos de pesquisadores ao redor do mundo trabalham no desenvolvimento de robôs que possam executar, ou pelo menos auxiliar, nestas tarefas de resgate.

Agora, pesquisadores das Universidades de Pittsburgh e Carnegie Mellon, ambas nos Estados Unidos, lançaram um novo sistema de realidade virtual que poderá ajudar os robôs a se tornarem mais úteis nessas tarefas. Embora já existam robôs de resgate, eles ainda são operados remotamente por uma equipe de humanos, apresentando sérias dificuldades de controle.

O ambiente virtual foi apresentado na competição USAR ("Urban Search And Rescue"), uma das categorias da RoboCup 2005, que termina hoje em Osaka, Japão. O objetivo da Robocup, que acontece anualmente deste 1997, é a criação de um time de robôs jogadores de futebol que possa vencer a seleção humana campeã do mundo no ano de 2050. Como parte do programa, equipes competem também na categoria de busca e salvamento.

Baseado no engine Unreal, a simulação oferece gráficos realísticos e uma física de precisão para duplicar os problemas e desafios com que se deparam os operadores de robôs reais de busca e salvamento.

O ambiente de realidade virtual está disponível para download no site da Universidade (veja link no quadro Para Navegar, abaixo).





Outras notícias sobre:

    Mais Temas